Obama “preocupado” com ameaça do Estado Islâmico em Kobani

15/10/2014 08:00 - Modificado em 15/10/2014 08:00
| Comentários fechados em Obama “preocupado” com ameaça do Estado Islâmico em Kobani

obamaO Presidente dos Estado Unidos mostrou-se esta quarta-feira “profundamente preocupado” com a ameaça do grupo Estado Islâmico (EI) em Kobani e disse que a ofensiva contra os ‘jihadistas’ é uma campanha a “longo prazo”, com “avanços e retrocessos”.

 

“Neste momento, estamos centrados nos combates que estão a decorrer na província de Al Anbar, no Iraque, e profundamente preocupados com a situação do povo sírio de Kobani”, declarou Barack Obama, vincando o desafio que representa o EI tanto no Iraque como na Síria.

O chefe de Estado norte-americano explicou que “os ataques aéreos da coligação continuarão na Síria e no Iraque, depois de uma reunião com o chefe de Estado Maior dos EUA, o general Martin Dempsey, e com as chefias militares de 21 países da força conjunta para abordarem a estratégia de luta contra os ‘jihadistas’.

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.