Cruz João Évora: Família que perdeu a sua residência no incêndio pede a solidariedade

14/10/2014 01:25 - Modificado em 14/10/2014 01:25

casa ensendiadaCláudia da Luz é uma mãe de família que perdeu a sua residência num incêndio que queimou todo o recheio da casa no passado dia 12 de Outubro. A família ficou sem nada, por isso, pede o apoio e a solidariedade das pessoas.

 

A residência de Cláudia da Luz, uma mulher chefe de família de trinta e quatro anos, incendiou-se no domingo, dia 12, por volta da uma hora da madrugada. Todo o recheio da casa ficou consumido pelas chamas: comida, documentos, materiais, mobílias e vestuários.

A casa construída de lata na zona de Cruz João Évora, Rua de Nhe Miguilim, pegou fogo devido a uma vela que Cláudia deixou acesa na sala. Na casa residia Cláudia, a sua neta de dois meses e os seus três filhos. Cláudia e a neta sofreram queimaduras ligeiras e estão fora de perigo.

Cristy, filha de Cláudia diz que deixou a vela acesa porque aguardava a chegada do irmão, mas acabou por adormecer com a vela ainda acesa, o que veio a provocar a tragédia que segundo a entrevistada não esperava que fosse acontecer.

A mesma diz que já pediram o apoio da Câmara Municipal e que, neste momento, aguardam ansiosamente por serem acudidas. Eric Monteiro filho da vítima apela à sociedade para apoiar no que for preciso, para ajudar a família a sair da situação em que se encontra.

A família, neste momento, está alojada em casa de amigos e familiares. Nas redes sociais é possível encontrar um cartaz de solidariedade a favor da família, pedindo ajuda às pessoas.

  1. PraiaMaria

    Povo de Sancente. Façam uma petição ao IFH que que seja entregue à família uma das tantas casas para todos que estão fechadas em SV.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.