Inquérito de rua: “Humberto Brito não tem competências para assumir o cargo de Governador do Banco de Cabo Verde”

10/10/2014 00:02 - Modificado em 10/10/2014 00:23

Humberto BritoOs mindelenses querem que o novo Governador do Banco de Cabo Verde seja  uma pessoa honesta e inteligente.

 

O ex-ministro do Turismo, Indústria e Energia, Humberto Brito, nomeado para Governador do Banco de Cabo Verde, não agrada à maioria dos mindelenses entrevistados pelo NN.

Para Cesaltino Costa, o trabalho feito por Humberto Brito no antigo cargo não trouxe benefícios suficientes pelo que ainda não deu provas de que conseguirá administrar da melhor forma o Banco Central.

Crisanto vai mais longe na sua opinião e adianta que Humberto Brito, o ex-ministro do Turismo, Indústria e Energia, “não está minimamente preparado nem tem competências para assumir o cargo de Governador do Banco de Cabo Verde e que o país merece alguém que já tenha dado provas de competência”.

Tóla e Valério partilham da opinião de que o Banco de Cabo Verde precisa de um Governador honesto e inteligente, capaz de ajudar o país a desenvolver-se a um ritmo aceitável.

Já para Crisóstomo, o país ansiava por uma nomeação de alguém que estivesse realmente disposto a trabalhar em prol de Cabo Verde e não em benefício próprio e dos seus comparsas.

  1. CidadaoCV

    É caricato … Como é que se faz um inquérito de rua sobre as qualificações académicas e técnicas de uma pessoa? Quem dos inquiridos está em condição de avaliar as competências do Sr. Humberto Brito, ou de outra pessoa? Mandar bocas é fácil …

  2. Eduardo Oliveira

    Assim vamos do mau a pior. Mas não é so com essa nomeação. Nepotismo sempre foi apanàgio dos Governantes que nunca dão valor aos compétentes se não fizerem genuflexão partidàrio.
    Em terras de gente, vàrios Ministérios não são ocupados por politicos mas por Técnicos. Os departamentos mais sensiveis que não podem ser entregues a qualquer um são (a) Jusciça (b) Educação, Cultura e Ensino Superior (c) Defesa e Segurança. E esses estão sistemàticamente ocupados pelos “copins” e os “coquins”.

  3. Eduardo Oliveira

    (continuação)

    O que se disse no comentàrio anterior aplica-se todinho à Economia e ao (muito importante) Banco Central.
    Proceder ao contrario é pura incompetência, de que estamos – infelizmente – fartos de engolir pela desgraça nossa.

  4. Oi vivo ness GANG!

    Que vergonha! No PAICV quanto mais inconpetente e patetico é a pessoa, maior é a promoção. Loucura total! ” já bzot da tud tzi! Dia Povo pega na pau um crê oiá catchore ta corré!

  5. paicv

    então cidadaocv!!! agora é que te lembras que não se pode avaliar sem fundamento as competencias de um técnico???? tens muita piada … Ainda outro dia li um comentário teu onde fazias exactamente isso “avaliar as competências … de outra pessoa … e Mandar bocas”!!! paciêcia tem limite!!!!!!!
    O humberto brito não serve nem para administrar a sua economia familiar quanto mais da dos caboverdianos!

  6. Ao jornalista(?)

    sei que não vão publicar mas sei também que o “Jornalista” vai lê-lo e é esta a minha intenção. os “inquéritos do eduino” deixam qualquer cidadão coerente perplexo e curioso. curioso a ponto de um simples cristão como eu ficar muito interessado no jornalismo. o que é que o jornalista aprende na faculdade?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.