Agentes prisionais de São Vicente esperam ver para crer

10/10/2014 00:15 - Modificado em 10/10/2014 00:20
| Comentários fechados em Agentes prisionais de São Vicente esperam ver para crer

agente-penitenciario_1Os agentes prisionais de São Vicente dizem estarem satisfeitos, por um lado, com a aprovação do novo estatuto, por outro, estão expectantes quanto à sua publicação. Todavia, não descartam a possibilidade de partirem para a greve.

 

A determinação dos agentes de segurança prisional da Cadeia Central de São Vicente em lutar a favor dos próprios direitos é irrevogável. Prometem avançar para uma greve por tempo indeterminado, caso não houver a publicação e entrada em vigor do estatuto que, segundo o Ministro da Justiça, foi aprovado pelo Governo.

Para Anildo Lima, agente sindical, o memorando de entendimento foi assinado entre a Associação dos Agentes Prisionais, os Sindicatos e a delegação criada pelo Ministério da Justiça para resolver os assuntos dos agentes prisionais. A aprovação do novo estatuto e a sua publicação estava prevista para o mês de Julho com efeitos retroactivos a Janeiro de 2014. Anildo Lima diz que a classe quer que isso seja cumprido. Se tal não acontecer, vão para a greve.

São várias as reivindicações que os guardas prisionais querem ver resolvidas com maior urgência. O pagamento dos retroactivos de uma promoção feita em 2010 com efeitos retroactivos a anos anteriores e o pagamento de horas extraordinárias que nunca foram pagas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.