“deixei de ser sócia porque as reclamações dos consumidores não são atendidas “

7/10/2014 06:59 - Modificado em 7/10/2014 06:59

adecoOs consumidores entrevistados pelo NN dizem que não aderem à associação porque não acreditam que a ADECO consiga resolver os problemas. No entanto, o presidente da ADECO defende que a Associação para os consumidores “não é autoridade nem tem poderes de autoridade”.

 

Na sequência da entrevista dada pelo presidente da ADECO António Silva a este online onde o mesmo afirma estar “insatisfeito com o desempenho das autoridades cabo-verdianas e também com o comportamento do cidadão cabo-verdiano em geral porque menos de 1% da população cabo-verdiana está a contribuir para a Associação de Defesa dos Consumidores, mas todos os cabo-verdianos estão a beneficiar da acção da ADECO…”, o NN saiu à rua para saber a razão da fraca adesão dos consumidores à Associação. Estes  respondem que não acreditam na resolução dos problemas por parte da Associação dos consumidores.

A jovem Samira Lima diz que foi sócia da ADECO durante muito tempo, mas deixou de o ser porque as reclamações dos consumidores não são atendidas ou são demasiado morosos, daí o motivo de ter deixado de ser sócia.

Baptista também é da opinião que a ADECO deveria fazer muito mais em prol dos consumidores, tendo em conta que é uma associação que trabalha na defesa dos interesses dos consumidores. Entreguei algumas reclamações à ADECO e nunca tive qualquer pronunciamento sobre o meu pedido de intervenção. “Comprei um electrodoméstico na LG, o mesmo ficou danificado depois de três meses e antes de expirar o prazo da garantia, apresentei a situação à Associação mas, até agora, ainda aguardo por uma resposta”.

Em contacto com o presidente da ADECO, Eng.º António Silva, este afirma que “é normal que haja pessoas que não estejam satisfeitas com o trabalho da Associação, assim como também há consumidores muito satisfeitos e que reconhecem o desempenho excepcional da ADECO”. No entanto, o mesmo reconhece que é necessário fazer mais.

O presidente da ADECO afirma que “a ADECO não é autoridade nem tem poderes de autoridade. Não pode impor a nenhuma empresa para fazer alguma coisa nem a pagar multas, mas trabalha com a pressão social para fazer com que as autoridades funcionem”. O presidente acredita que, “muitas vezes, a associação acaba por ser mais eficaz que as próprias autoridades com poderes”. A ADECO é uma associação privada que faz um trabalho público logo, sendo uma associação privada, pertence aos sócios e os recursos da Associação estão orientados para resolver os problemas dos seus sócios e, para ter a sustentabilidade são necessários recursos e representatividade que vêm dos sócios.

É de realçar que a ADECO atendia a todos os consumidores independentemente de serem sócios ou não mas, segundo o seu presidente, “decidimos que contrariamente ao que a Associação tinha vindo a fazer, pensámos que era má ideia continuar nesta prática porque, infelizmente, muitos cabo-verdianos são oportunistas, muitos não são gente séria e procuram tirar proveito de tudo. Recorrem à ADECO quando têm um problema pessoal mas, na hora de contribuir, juntar forças ou participar numa manifestação ou até engrossar a fileira e assinar um abaixo-assinado a maioria tem medo e foge”.

 

 

 

 

  1. Fortes

    Estou pensando seriamente deixar de ser sócia porque desde o mês de Julho enviei um email sobre um problema para resolver at
    e este momento nem uma resposta, pelo menos a dizer que receberam o email

  2. João Polícia

    O Sr APS deveria estar preocupado também em apresentar as contas de gerência da ADECO. Só aquele programinha que passa na rádio não chega para justificar todo dinheiro arrecadado com a quotas dos sócios e também com os outros subsídios e financiamento que a ADECO tem recebido. Diz-se por aí que desde que a ADECO comprou um carro, nunca mais foram realizadas as assembleias gerais. Porquê que será? O Sr APS tem medo que os sócios saibam quanto ele (e família) tem estado a gastar com essa viatura?

  3. Lino Públio

    Se for sócio acho que tem de ir reuniões de apreciação das contas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.