Falta de professor de História na ESJB: várias escolas tem falta de professores

30/09/2014 07:19 - Modificado em 30/09/2014 07:19

professorAntónio Delgado, director da Escola Secundária Jorge Barbosa afirma que a falta do professor de História é uma situação que foge às suas competências. Anildo Monteiro, Delegado do Ministério da Educação diz que foi lançado o concurso de professores, mas ainda não foram divulgados os resultados, por isso, ainda não há professor de História.

 

O director da ESJB adianta que há já algum tempo que solicitaram junto dos Recursos Humanos do Ministério da Educação um professor de História. “Desde o início do ano solicitámos um professor”, mas ainda estão à espera. “Pedimos com urgência, mas compete a quem de direito responder a essa questão e gostaríamos que fosse o mais cedo possível, para que os alunos possam ter as suas aulas na normalidade, porque trabalhamos para isso”, sublinha António Delgado.

Segundo António Delgado, a resolução desse problema não compete à ESJB: “o Ministério da Educação já tem conhecimento dessa situação e fizemos a proposta para contratar uma pessoa rapidamente”. O director da ESJB fez até uma proposta ao Ministério da Educação: “temos uma professora a leccionar geografia no ensino recorrente. É professora de História e sugerimos que ela viesse para a escola cobrir as aulas”.

De acordo com o Delegado do Ministério da Educação no Mindelo, Anildo Monteiro várias escolas têm falta de professor e não é apenas a ESJB: “na escola Salesiana, há falta de professor para leccionar inglês, no José Augusto Pinto, precisa-se de um professor de Geografia e outro de Formação Pessoal e Social e na Escola Técnica, há necessidade de ter um professor de Estudos Científicos pois todos estão de baixa médica”.

Anildo Monteiro diz que foi lançado o concurso mas ainda não foram divulgados os resultados, mas espera que até ao final desta semana a situação seja resolvida e que os professores comecem a leccionar.

António Delgado afirma que a escola arrancou com toda a tranquilidade, não obstante essa situação que não lhes compete e lamenta: “fizemos de tudo para que as aulas começassem sem nenhum tipo de constrangimento”.

 

 

  1. joãao

    no Paul a ESJL precisa de um professor de fisica para os alunos do 10º ano

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.