Barack Obama: “Terroristas só percebem a força”

25/09/2014 08:35 - Modificado em 25/09/2014 08:35
| Comentários fechados em Barack Obama: “Terroristas só percebem a força”

obamaO presidente norte-americano Barack Obama apelou ontem a todos os países do Mundo para se unirem no combate aos jihadistas do Estado Islâmico (EI), afirmando que é impossível negociar com “aqueles que só conhecem a linguagem da força”.

 

Obama, que discursou na sessão inaugural da Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, garantiu que os EUA e os seus aliados farão tudo ao seu alcance para “desmantelar a rede de morte” do EI e aconselhou aqueles que se juntaram aos jihadistas a “abandonarem o campo de batalha enquanto podem”. O presidente dos EUA lembrou ainda que a difícil tarefa de rejeitar o extremismo religioso é um “trabalho de uma geração” que deve ser levado a cabo pelos povos do Médio Oriente e que nenhuma potência externa pode fazer por eles.

Aviões norte-americanos voltaram ontem, pelo segundo dia consecutivo, a bombardear posições dos radicais na Síria e também no Iraque, com o Pentágono a reiterar o aviso de que a campanha contra os jihadistas “será longa”.

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.