Chuva leva areal da Laginha

25/09/2014 07:00 - Modificado em 25/09/2014 08:28

laginha-sem-areia

  • laginha-4

  • laginha-1

  • laginha-2

  • laginha-3

  • laginha-6

  • laginha-9

  • laginha-8

  • laginha-41

  • laginha-7

  1. anete Vital

    Quiseram colar a areia com cuspo e não pensaram que com a Natureza não se brinca.
    Quando é passaremos a trabalhar a sério? 40 anos jà é idade para se ter juizo mas continuam a tocar viola e a não lavar as caras.

  2. Silvia Fortes

    “Ó mar salgado, quanto do teu sal sao lagrimas de Cabo Verde”!
    Ó mar, ó mar! Traga-me a minha Laginha de volta!

  3. Jose Mourinho

    Ess diabs xtraga laginha k kel obra d merda. POV revolta puns dia , dposh ess oia dimensao k laginha tv t bah fka ess kontenta,ma iss k divia kontce ,pk laginha nunka mas sera o mesmo ,lah jah vra 1 txada,cova d inglesa t medjor praia do ki laginha sem duvda.

  4. Pedro

    De quem é a responsabilidade? Todos sabiam o que ia acontecer quando chovesse. Onde estão as obras de drenagem Sr. Franklim da Enapor? E o dinheiro desviado para outros fins que não o interesse público dos mindelenses. Agora vão ser gastos mais uma dinheirada para alguns ganhar, de modo a camuflar essa vergonha que fizeram na Laginha e ao povo de S.Vicente. Onde está a Procuradoria Geral da República? As obras públicas em Cabo Verde devem ser investigadas, muita gente enriqueceu do dia para noite

  5. Laginha

    Agora ki dja nhos straga laginha nhos pode bem reclama! Munti alguém foi contra kel obra la, agora nu ta odja ma ka foi feito nenhum estudo de impacto de obra na natureza! Na SV dja txobi pior, mas de certeza ka contice algo do género!

  6. Mnininha de Son Cent

    Minha gente é uma tristeza ver a laginha assim. Via-se logo do ínicio que isso ia acontecer, fizeram um trabalho muito mal feito com esse areal, e ainda por cima não fizeram nenhuma precaução para quando chegasse a chuva. E agora como é que vai ser? gostaria de saber da opinião dos senhores que fizeram esse projecto da extensão da laginha.

  7. Zenaida Leite

    Que tristeza ***
    É tudo um devastamentos de incompétences !……

  8. CARLOS

    E agora? Os festeiros das obras propagandísticas farão algum comentário? Dá nojo ver tanta publicidade e propaganda do PAICV. Agora queremos ver quem vão responsabilizar pelo acontecido na Praia da Laginha. Ainda aparece algum fanático a responsabilizar um deus, mas na hora da inauguração faltou ao PAICV foi mandar prender aqueles que duvidam da obra. E agora?

  9. VLuz

    Hê, assim se constroi um país!?, digo, estradas de um país

  10. De Bonito a destruição.Os Homens pensam que podem conter a natureza, mas a natureza é sempre a natureza.

  11. Maria Helena P. Neto

    Desde que fizeram as obras na Laginha que li comentários negativos, cantando loas à Matiota, que recordo ter só calhaus rolados que muito faziam doer pés e corpo. O Mindelo necessita de uma praia próxima. Vê-se a frequencia que tem tido.E é bonita. Hoje em Portugal todas as praias sofrem com o inverno, algumas até desaparecem. Alisem a praia, reponham a areia necessária, façam algumas obras que os técnicos estudem e achem necessárias. O mar e o vento limpam a areia.Deixem os negativismos!

  12. fredson

    Gente, bsote ta izagera txeu, um caterpillar ca ta mesti duas oras pa compo ess bagunça…

  13. mnininha sv

    Tristeza !!!! Bzot ta ocha que alguem tita ba tma respossebilidade?

  14. Tsunami

    un t esperá k kel pessoal k t estod sempre ne Laginha k ti te bem infrontá nôs li ne Cova d Inglesa

  15. Raquel

    Bo tem razão VLuz. Quem faze ess traboi na laginha ka pude pensa em faze um estudo do impacto ambiental e consulta povo mindelense pa sabe se ess tava concorda ou não??? Bem, as fotos falam por si…

  16. ivandro lima

    Pronto, agora são bocas daqui e de ali: o Governo e os outros partido e a CMSV, por ai vai são culpados. Antes das obras quantas vezes a praia tinha sido levada pelas chuvas?? De facto houve uma má abordagem sobre esta questão que não previa uma chuva de media ou forte intensidade – onde o estudo falhou. Agora é tentar remendá-la outra vez. Aconselho que se faça um sistema de drenagem eficiente e que se nivele a areia de forma a conseguir reter mais areia, numa próxima chuva.

  17. Caboverdiano

    Que nem venham culpar a natureza, pois o Homem desde sempre tem intervido nela por forma a tirar melhor proveito.
    O problema está no estudo feito. E acredito que este foi feito… claro, no sentido de tirar a melhor vantagem para o bem próprio de alguns … (donos do País).

    Quem foram os projectistas?
    Os que aprovaram?
    Os fiscais da obra?

    TODOS CAMBADAS

  18. Paulina Ribeiro

    hahahhaah kel areia falo mo el ka era da la el ka tinha nada ke faze la

  19. Laginha de Gaita

    Sinceramente um ca ta intende mesmo cz qui ta passa na cabeça de dirigentes de nos pais e na cabeça de ques cubaia … desde de inicio sabedo ma quel trabadjo era um trabadjo de porcaria,e ma isso ta aconteceba na epoca de tchuba … mas no entanto todo mundo fica de boca calado e pa calas boca mas ainda fazedu inauguração cu festa na praia de laginha pa tudo odjo tapadu … pmd a nhos de SV nhos tem manias de manda boca atoa …. é basta nhos enganado cu festa que td ta fica dretu 😉

  20. Edson Tavares

    Com a natureza não se brinca, é triste ver muito gasto no embelezamento da praia de laginha ter terminado desta maneira, porém podia-se canalizar o dinheiro em outras coisas beneficente e ou manutenção do porto da ilha do Maio que está em péssimo estado. haja paciência nesta terra..

  21. Berdianu na Terra L

    Que cabo-verdiano, a não os fanáticos do PAICV, que não sabiam que isto iria acontecer? Cadê a responsabilização dos Políticos? Quantos Milhões foram parar ao fundo do mar? Esta é apenas mais uma obra prima deste Governo que engana os militantes com propagandas bonitas, tudo à custa das mídeas e do dinheiro do Povo. Infelizmente a Laginha acompanhou a Ponte de Ribeira de Água da Boa Vista, os bindes gigantes chamados de barragens em Santiago e tantas outras obras Paicvianas.

  22. Maria

    Badius é só invejosos, não tem criatividade para nada, auto-estima baixo, ficam agorando os outros. Lajinhas ka ta bá fka assim. Ou não conhecem o orgulho dos São Vicentinos???? Já, já el ta mas bnit k’el tava. Bsot bá limpá badilândia ta fka bsot amdjor. Óh Raça Mau!!!!

  23. kriola de Mindelo

    Uiiiiii laginha mais uma chuva byby

  24. Carla Fonseca

    O que a população Cabo-verdiana deveria pedir é uma satisfação para tamanha vergonha: queremos a divulgação do estudo de impacto ambiental realizada em face ao projeto de laginha; a divulgação dos estudo realizado para que fosse concretizada uma obra desastrosa como esta.
    Sem sombre de duvidas isso causou um dano ambiental e ecológico imensamente a biodiversidade marinha e ninguém está olhando por esse lado.
    Isso se chama de CRIME AMBIENTAL. Averigua Procuradoria Geral da República.

  25. Elisa da Graca

    Nada, mesmo nada pode travar à força da Natureza.

  26. ES

    Quando era pequeno, lembro-me da laginha ficar exactamente assim em dias de muita chuva. Isso é o que acontece alterarem a laginha e não alterarem a forma como a agua que vem na descida é levada para os esgotos. Mas ainda vão cometer o mesmo erro, pois sei que quem gere esses projectos não vai aprender tão cedo com o erro.

  27. sofia

    Tristeza… Espero que com este terrível exemplo os orgãos decisores ainda possam ir a tempo de reestruturar a segunda fase do projecto CASA PARA TODOS, de aprender com o programa ELEMENTAL que o arquitecto chileno Aravena tem desenvolvido com habitação social. Cabo Verde só teria a ganhar e basta um clic, o essencial está no google. Coragem!

  28. Tia Maria

    Para Maria.
    Avé Maria, fika ku bu Soncenti, Deus graça e muito Amén! Mi è badiu xeiu di orgulhu y n ta dexa sempri tudu di bom y midjor pa Soncente y tudu nhas irmóns di Kábu Verde. Lembra só ma Laginha fazedu ku dinheru di badiu tambê, pamodi si fosse só di nhos di Soncente, talvez na otu sékulo ê ta pode fikaba prontu. N ta dezejábu boas melhoras y txeu juízo pa un dia bu analiza kuzé ki bu skrebi.

  29. Any Morais

    Badiu ou sampajud bsot tcha fala esparat. Nos tud é Caboverdianos. Agora é pedi Deus que governo te ba pensa melhor e combina ma pessoal com espriença para fazer o trabalho melhor. Não é so laginha chuva ja estraga infelizmento. Paz e harmonia pessoal e fe na Deus.

  30. Milkiway

    Recuando um pc no tmp, aqd da tomada de posse do nosso próprio destino, mtos duvidaram das possibilidades de sobrevivencia dum CV independente, e viram-no como um barco afundando-se no Atlantico. Apesar de dar crédito aos nossos primeiros governantes pela coragem de decidir carregar no ombro essa empresa gigante, carente de recursos e com tantas incógnitas no horizonte, não era segredo para ninguém q CV sempre debateu com escassez de água para satisfação das necessidades mais elementares. Não teria sido óbvio colocar esse problema na lista de prioridades desde o início, mesmo sendo sua resolução traçada a nivel longo prazo, devido às fracas condições financeiras? Não se deveria ter concebido um projeto de criação duma infraestrutura de drenagem e aproveitamento da água das chuvas nas ilhas, e aos poucos galgar terreno ao longo dos anos até conclusão dum sistema satisfatório mínimo? Não se poderia ter obtido esse resultado em mto menos de 40 anos? Com base no argumento de q chove pouco, e o orçamento é insuficiente, terão havido certamnt ideias em contrário, desvalorizando esse projeto. Mas, se não existe frequencia na caída das chuvas, qd acontece ela derramar água em abundancia na terra, dever-se-á deixa-la caminhar pelos vales até perder-se pelos mares? Consta-se q existem cálculos q garantem pelo menos uma colheita agrícola anual proveniente do aproveitamento de águas depositadas em dispositivos estratégicos. Por outro lado, qt se gasta para reparar estragos causados pelas chuvas torrenciais q caem todos os anos no mesmo período? Qt se tem gasto em projetos de prioridade inferior, como por exemplo construção de estrada para acesso a sítio remoto utilizado apenas para lazer e paródias de fim de semana? A Natureza continuará seu curso concerteza. O Homem observa, adapta-se, e contorna meios para sobreviver. Nunca é tarde reconsiderar prioridades e tomar medidas mais adequadas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.