Publicidade do álcool na cidade do Mindelo: a pouca vergonha tem nome

25/09/2014 08:03 - Modificado em 25/09/2014 08:03

IMG_5464Ao entrarmos  na zona de recolha de bagagens do Aeroporto Internacional Cesária Évora  encontramos  um cartaz que mostra uma marca de cerveja  com o seguinte slogan .” património de Cabo Verde “. Mas no centro da cidade também se pode encontrar  outdoors incentivando ao consumo do álcool .O que espanta é a “ mensagem agressiva apelando ao consumo do álcool “. Isto numa ilha que detém o maior índice de consumo de bebidas alcoólicas no país.

 

A problemática do álcool é uma preocupação actual das autoridades do país, tendo o Presidente da República dedicado parte do seu tempo nas comemorações do aniversário do Município do Sal para chamar a atenção de todos e pedir acções das autoridades sobre esta situação.

Ao andar pelas ruas da cidade do Mindelo, sem se dar conta, vêem-se publicidades alusivas ao álcool. De constatar que duas destas publicidades em outdoors estão colocadas a menos de 200 metros de duas escolas secundárias e de uma universidade.

O consumo do álcool é uma preocupação actual e, nesta óptica Zé Carlos, morador em Alto Miramar, não se mostra muito de acordo com o conteúdo das publicidades quando o objecto publicitado são as bebidas alcoólicas. Essa postura é baseada no que vê hoje, “com jovens com a vida acabada por causa da bebida”. Essa mesma linha de pensamento é defendida por Rosimar Cruz, de Monte Sossego, que considera o álcool como um mal social e que, por isso, se “deve ter mais atenção quanto à sua publicidade”. Segundo este cidadão, “a publicidade em si é um incentivo ao consumo”.

João Fortes acrescenta a esta discussão a questão da “excessiva exposição desses conteúdos” e, por isso, diz que se “deve acautelar com o que se expõe”.

Rui Fortes faz uma tentativa de desdramatizar o assunto, afirmando que há necessidade de uma campanha mais forte para o não consumo de bebidas alcoólicas e diz que, segundo o seu ponto de vista, “as empresas têm normas a seguir” e sente que estão a segui-las. Por isso, há que fazer um balanço de tudo. Esta opinião é também sustentada por Beto Reis que diz que o não consumo deve ser algo que deve partir das pessoas. “Apesar da publicidade ser importante, acho que as pessoas têm de ter mais atenção no que fazem e não se devem deixar levar”, argumenta.

Em conversa com Helmer Fortes, Presidente da Liga da Juventude de São Vicente, em relação ao tema, este afirma que há que fazer um balanço neste assunto. E sugere que, antes de mais, é necessário haver leis para a moderação da publicidade e, em seguida, instituições competentes para supervisionarem a aplicação dessas mesmas leis. Em terceiro lugar, diz que a sociedade deve estar sensibilizada nas mais diversas formas sobre o consumo do álcool. “Assim como as empresas procuram as melhores estratégias para fazerem publicidade, também a sociedade tem de procurar novos mecanismos para se manter informada”, assevera.

A publicidade nacional é regulada pelo código nacional de publicidade.

 

 

  1. .compadre

    Desculpom, mas publicidades Sao para ser fritas.o mundo vive de negocios.cada um cuide da su a pessoapessoa

  2. JM

    Não havia mais nada para ser notícia?? E não é verdade?? ou prefiram que se esconde o sol com a peneir??? È uma bebida, é um produdo cmercial como outro qualquer, que tipo se slogan mais poderia ter tido?? – Já o gorgue(por norma mal feito) mata todos os dias e não é criticado, pois, falta o solgan para se lembrar ne…Parvos

  3. anete Vital

    A propaganda de certos géneros tem de ser feita moderadamente. Ê caso por exemplo do tabaco e do alcool reconhecidos por nefastos.
    Para o nosso pais penso ser desnecessàrio (até devia ser proibida) a propagando tanto de tabaco como do alcool.

  4. CM

    uma coisa é certa, não é a cerveja que anda a matar mais sim o grogue feito de péssima qualidade, ingerido em excesso, a publicidade da cerveja faz parte do negocio e o teor do alcool é baixo

  5. Mega

    Esqueceram que a pub diz “seja responsavel, beba com moderaçao”

  6. Verdade

    OPA!!!! coisa mais normal do mundo, mais que jornal polémico pá!!!! Isso se chama Marketing, ou desconhece a palavra? Não leu o q Mega escreveu? Sinceramente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.