Escola Velha de Monte Sossego: os tectos podem cair e as paredes não são seguras

24/09/2014 07:17 - Modificado em 24/09/2014 07:17
| Comentários fechados em Escola Velha de Monte Sossego: os tectos podem cair e as paredes não são seguras

Escola de Monte Sossego (15)No último fim-de-semana, pais e encarregados de educação do Pólo Educativo nº 9, também conhecido como “Escola Velha” em Monte Sossego, reuniram-se para discutirem sobre as condições de segurança e higiene do estabelecimento de ensino onde os filhos estão a estudar.

 

Isabel Fonseca, um dos promotores do encontro, explica que uma das conclusões é que “a escola não tem condições para os meninos continuarem a assistir as aulas porque os tectos podem cair a qualquer momento e as paredes não são seguras”.

Roseane Santos, outra mãe preocupada com as condições da escola, acrescenta à lista de preocupações o vandalismo na escola com pessoas a dormirem dentro do espaço, onde se encontram vestígios de droga e de preservativos, cães dentro do espaço e lixo. “Queremos uma solução para esta situação porque os problemas já são conhecidos, e queremos vê-los todos resolvidos”, assevera Roseane.

Escola de Monte Sossego (1)Para ver alguma solução, este grupo de pais já tem a circular um abaixo-assinado para entregar à Delegação do Ministério da Educação  expressando o desagrado com a situação. E Roseane garante que esta não será a única forma de mostrar o desagrado, porque caso não tiverem uma resposta positiva, garantem que irão manifestar junto da Delegação da Educação de São Vicente.

Este grupo de pais quer uma solução porque diz que não é uma situação nova. É algo que já há muito que se verifica e que é do conhecimento das autoridades responsáveis da educação na ilha.

E a primeira medida que querem ver realizada é um muro de protecção para a escola. E depois desta medida, pode-se ver o que se pode fazer mais. No entanto, não abrem mão de outras intervenções na escola.

“O futuro do amanhã não pode começar com o vandalismo”, desabafa Roseane. “Queremos apenas segurança para os nossos filhos”, finaliza Isabel, esperando que as autoridades possam olhar de forma urgente para a “Escola Velha de Monte Sossego”

 

Escola de Monte Sossego (2)Gestão da escola: “já há projecto mas para o próximo ano”

Júlia Costa, gestora do Pólo Educativo, reconhece que a “escola tem falta de trabalho”. Diz que efectivamente, algo tem que ser feito pela escola: “chegou a altura em que precisa de uma manutenção de fundo”.

E revela que a escola já tem um projecto de intervenção. Diz que tudo se processa através de uma associação Suíça. Submeteram o projecto que foi aceite e agora estão à espera do aval da associação. Mas a intervenção não será para este ano. Explica que a escola tem cerca de 600 alunos e que seria difícil colocá-los noutras instituições de ensino enquanto decorressem as obras.

Escola de Monte Sossego (4)E o próximo ano servirá tanto para as obras nos tectos como para a vedação. Sobre os outros problemas existentes na escola, tais como usar a escola como depósito de lixo, diz que é algo em que a comunidade tem de se envolver mais para denunciar esses casos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.