Câmara Municipal pede mais consciencialização ambiental

23/09/2014 07:59 - Modificado em 23/09/2014 08:01

CMSVA Câmara Municipal de São Vicente quer mais consciencialização ambiental por parte dos cidadãos, por considerar que “há pessoas que não ligam para aquilo que é público, pela nossa imagem e pela nossa higiene” . O vereador do  ambiente  pede aos cidadãos “um comportamento mais adequado e para não poluírem o ambiente”. 

 

O Vereador do Ambiente da Câmara Municipal da ilha de São Vicente, Anildo Fortes manifestou uma preocupação ao jornal online. Aconselhou a população mindelense a ter “um comportamento mais adequado e para não poluir o ambiente, pois há recolha de lixo a domicílio e nas zonas”.

O Vereador disse ainda que “a população mindelense sempre foi uma população limpa mas, nos últimos tempos, há cidadãos que deitam o lixo nas ruas. Há pessoas que não se interessam por aquilo que é público, pela nossa imagem e pela nossa higiene. Mas temos sempre de chamar a atenção aos nossos cidadãos, porque o ambiente é nosso. Nós é que estamos nesta ilha, nesta cidade e é a nossa saúde e higiene que está em causa”.

Anildo Fortes disse que a Câmara Municipal trabalha todos os dias na limpeza das zonas “mas, nesta época das chuvas a preocupação é maior, nomeadamente na limpeza das condutas de saída de água, dos diques e das ribeiras”. E, neste sentido, faz uma chamada de atenção “para as pessoas não deitarem entulhos e lixo nas ribeiras e também para fazerem a desobstrução das saídas de água nas suas casas para podermos ter uma época de chuvas sem preocupações”.

No caso das casas em construção, “aconselhamos às pessoas que não puderam terminar a construção das moradias que pelo menos façam uma vedação”, afirmou o Vereador do Ambiente, Anildo Fortes.

Desde o início do mês de Julho que a Câmara Municipal de São Vicente começou as intervenções para a época das chuvas e continua a limpeza das zonas onde normalmente há acumulação das águas da chuva, em particular, nas localidades mais vulneráveis onde há montanhas e ribeiras com a limpeza e o desentupimento dos diques e das condutas de água.

  1. Nadia

    Na zona de Fonte Francês perto de um mini mercado os moradores mais concretamente crianças deitam o lixo numa ponta de uma estrada, os cães vadios vão fazem a festa deixando toda a rua suja. E a meu ver os moradores não estão nem aí. Se o carro de lixo passa nessa zona na terça feira, na segunda já colocam lixo. Aquela zona é a zona mais suja que já vi em São Vicente.

  2. Ambrósio

    O sr. vareador de Ambiente deve estar a dormir ou em delírio. Numa ilha em que os munícipes apelam para abertura das santinas, que passam maior parte do tempo fechadas, com gente a mijar nas redondezas da Praça Nova e Caravela e mercado de peixe, isto não pode ser tomado a sério.
    O que diz o sr vareador da falta de limpeza da praia da Lajinha. Não basta limpar o calçadão.
    O que diz o sr. vareador de grandes festas na lajinha com o sanitário fechado.
    O que diz o sr. Vareador com imensos cães na Praia da Lajinha juntamente com os banhistas.
    Educar os munícipes não é só vir ao jornal mandar umas bocas. Fazer programas educativos e ser mais pragmático.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.