A psicóloga que elaborou o parcer recusa-se a comentar o assunto

18/09/2014 07:52 - Modificado em 18/09/2014 07:52

boca-fechadaO caso da ESJB e do bloqueio psicológico marcou o início do ano lectivo 2014/2015. O assunto sobre está na boca das pessoas, principalmente dos estudantes mindelenses. Os leitores exigem saber o nome do aluno e principalmente da psicóloga que elaborou o parecer que foi aceite pelo Ministério de Educação que assim mandou repetir a prova por ter aceite a tese do “bloqueio psicológico”. O NN teve acesso ao parecer e quis ouvir a opinião da psicóloga Cláudia Galina Rodrigues que o elaborou. Mas esta recusou-se a falar para este online.

 

Cláudia Galina Rodrigues, da Delegacia de Saúde do Mindelo, mas que trabalha no Centro de Saúde de Bela Vista é a psicóloga que examinou o aluno Hélio Flôr. Aluno do 12 º ano da Escola Secundária Jorge Barbosa a pedido da encarregada de educação Arlinda Lopes. Foi a psicóloga a responsável pelo parecer que tanta polémica está a gerar e que permitiu que um aluno repetisse uma prova porque teve um “bloqueio psicológico”. Era importante saber a opinião da autora sobre o parecer, pois, por enquanto, não queremos publicar o parecer num fórum de debate onde outros psicólogos possam dar a sua opinião. Isto porque tentamos ouvir outros psicólogas mindelenses, mas estes não quiseram pronunciar sobre o assunto dizendo que é a própria psicóloga Cláudia Rodrigues que deve pronunciar sobre isso. Os psicólogos justificaram a decisão dizendo também que é anti-ético falar sobre o trabalho de um colega, ainda mais quando não tem dados. Segundo os psicólogos mesmo falando de um modo geral sobre a ansiedade situacional, estariam se metendo no trabalho de um colega de profissão.

O NN também tentou falar com Arlinda Lopes, que trabalha na FICASE em São Vicente, mas de momento encontra-se de férias e não conseguimos contacta-la para ter mais informações sobre o caso.

 

 

  1. Bloqueio

    A psicologa nao quer pronunciar porque sabe que nao faz exame nenhum ao aluno.
    Que vergonha!

  2. Bloqueio

    A psicologa nao esta em condicoes de se pronunciar porque esta com um bloqueio situacional. Tem de recorrerem a Ministra de saude. Ela de certeza vai dar um parecer favoravel.

  3. CidadaoCV

    Pois é … A Psicóloga vai ter muito que explicar o conceito de “ansiedade situacional”, porque desde que este caso veio a público tenho pesquisado na net sobre este assunto e ainda não consegui enquadrar o comportamento do aluno no conceito “ansiedade situacional”. Não podemos esquecer que o aluno alegou “bloqueio” no teste A, mas exigiu o teste B. Onde está o bloqueio? Onde está a “ansiedade situacional”? Não teria o aluno já em “mangas” uma copia resolvida do teste B?

  4. NIZIM

    Essa teoria de ansiedade situacional, que andam a preguar por aqui, gostari de esclarecer que tambem quando eu era estudante estive varias vezes neste estado de ansiedade situacional e sabem porque? Quando as provas corriam mal, e nao eram poucas porque eu descuidadva muito com os deveres, eu estava sempre com uns cagassos dos diabos no dia de receber as provas, porque sabia que tinha estado ansioso durante as provas (falta de estudo)..

  5. Paulãoo

    É claro que o aluno bloqueou quando não encontrou o que estava a espera. Estamos no eu mando e ordeno vocês tem de cumprir vergonha.

  6. TXEBURASKA

    Pois é um médico nunca irá contra um outro. Assim tb são as vítimas por erro médico nos hospitais, em que os médicos acabam por ficar impunes, e os lesados sem onde recorrer. Haja justiça para matar a sede de todos os injustiçados!

  7. liceupintm

    E olha q esta psicolga foi professora ha anos nest liceu se calhar andava a bloquear os alunos …complexo d bloqueio…

  8. Bloqueio psicológico

    Bloqueios há muitos. Ainda lembro-me de tantos e tantos bloqueios que eu tive enquanto estudante e não tive benefício nenhum. Pena não ter uma psicóloga como esta no meu tempo. E assim caminha o nosso país rumo ao desenvolvimento. A corrupção comanda a vida.

  9. roxana aguilera

    calma !! la situacion nao foi bem estudiada , se’ o alumno tive cualquer situacion q le impidio hacer el examen , e pidio hacer otro , Pq negarle ,pq entrar na guerra ? Gente tratase de um adolecente !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e sempre estara con menos fortaleza siquica delante de um profesor . Esto se SOBRE VALORO ,se esta llevando esto como coestion de “honor”, de q “por acima de minha palabra ,ninguem ” ,,q e isso !! Eso NAO
    e’ PEDAGOGIA . Ao contrario debieron dejarle repetir o examen

  10. paicv

    Pois é … a BESTA da Danisa Araújo, sobrinha do Tonga, psicologa da escola não teve TOMATES para desobedecer o tio e avaliar o aluno então recusou-se a faze-lo. É que mais vale fazer um frete ao tio ex milicia popular, ditador de carreira do que o que é paga com o dinheiro de TODOS os caboverdianos para fazer!!! Ainda Danisa e Tonga divulgam um parecer clínico confidencial de um aluno. Assim se Ds”Acredita” nas instituições que EDUCAM os nossos filhos! Tenham VERGONHA NA CARA!!!

  11. malaguetauss

    bo ka tem manera de intende nada pk box neurónio TICO E TECO ka t permitib! p ote lód donde k bo t po em causa um aluno de quadro de excelencia? ba kossá om!

  12. mindelo

    Isso e interessante quando se pede a opiniao dos colegas de profissao. Ninguem quer pronuciar sobre isso porque é é anti-ético falar sobre o trabalho de um colega, Mesmo que seja contra a lei nao falam. Isso me lembrou a epoca da faculdade onde antes da apresentacao de trabalho diziamos aos nossos colegas para que ninguem fizesse perguntas pq senao na vez deles nos iriamos tb fazer o mesmo.

  13. Stalin Siberiano

    A minha pergunta é: Onde é que esta senhora Cláudia Rodrigues estudou, qual a Universidade e em que País.
    Em muitos paises principalmente os (ex) comunistas esse cursos podem ser feitos nas horas vagas. E nao só. A única exigência é o seu grado de sadismo. Conheço indivíduos que estudaram psiquiatria e psicologia na Rússia e seus satelites e exercem cargos de muita importância em Cabo Verde. Uma situação perigosa pois psiquiatras dos paises comunistas , salvo excepcoes, sao verdadeiros psicopatas.

  14. RTP

    Esta tese de outra variante já resolvida é muito boa! Provavelmente, o Hélio que é um indivíduo muito “competente” já tinha a outra variante e inventou essa história de cérebro codificado ou em cadeado! Bluff!!!!!!!!!!!!!!!!!

  15. malaguetauss

    liceupintim…pena ela ka ter consguid dsblokeób cabeça pk era um bem p humanidad
    pelo menos parti ix besta k t entrá na net t teorizá!

  16. malaguetauss

    Pa bzot k t li t po em causa formação e capacidade dess psicóloga … sempre el foi bom aluna, formód k mérito desde liceu ate mestrad. Onde kel t passá tud gent d elugiá se traboi! Ou seja bzot ê gaita ma kontesta se formação e muito menos se ética. Um tava perguntá bzot se por acaso el ê q escreve lei k t dá ess alun ma ministra razão! E por acaso foi el k xkrevê dxpacho de ministra?! Reaponsável ê MINISTRA!!!

  17. JOão Lima

    Ser ou não ser do “quadro de Excelência -Média de 18,5” não é a questão. Por acaso, o Hélio não era nem do quadro de Honra – Média de 16,5. A verdadeira questão é permitir que, a partir de pseudo-argumentos, um único aluno, num país inteiro, tenha uma oportunidade que mais ninguém tem de fazer quantos testes ele quiser (porque se ele voltasse a “bloquear” ele teria os mesmos argumentos para fazer o nº de testes que lhe dessem a oportunidade de tirar um nota alta.

  18. Malaguetauss ii

    Malaguetauss i deve estar acreditar que os caboverdeanos são uns idiotas. Ninguém é avaliado na rua. Somos avaliados pelo que fazemos, não por aquilo que as pessoas dizem na rua, aliás, se fosse a opinião das pessoas a definir da competência da psicóloga “Galinha”, hoje, ela estaria desempregada, tantas são as críticas à sua performance nesse caso específico. Não existe lei que manda profissionais “aligeirarem” as suas decisões.
    Vai tomar conta da sua vida , ou então curar o teu problema com …

  19. malaguetauss

    Malaguetaussii por seres tão limitada acabaste de dizer quem és!!! Avaliação de rua é aquilo a que estás habituada a ter. Não outras pessoas. Não tens argumentos e partes para a ignorância? Desempregada estarias tu se não fossem os favorzinhos que fazes! Kkkk acaba a tua frase se tens coragem

  20. paicv

    Tens razão João lima. O problema começa na mãe do aluno que é Diretora da Ficase com acesso direto à ministra, psicologa de formação e bem informada dos passos que deveria dar, no Tonga que por motivos partidários lhe interessava desafiar a ministra,, na psicologa da escola que se recusou a fazer o atendimento do aluno para não pagar o pato assim como esta psicologa está a pagar, e por último do EXCESSO DE ZELO da MINISTRA. O desfecho desta trama é uma bolsa de estudos para …???

  21. bloqueados

    Os principais bloqueados desta história são os caboverdianos que ainda naão se rebelaram contra este favorecimeto descarado do PAICV aos seus CAMARADAS! Enquanto perdem tempo a atacar um técnico honesto o CAMARADINHA Helio já está de saída para ir estudar num país para onde só mandam os PROTEGIDOS. E esta hein??

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.