Vem aí a guerra por um balde água

15/09/2014 00:16 - Modificado em 14/09/2014 23:52
| Comentários fechados em Vem aí a guerra por um balde água

águaA guerra na hora de apanhar água em São Vicente já começou. Um problema que todos os anos é uma realidade em que muitos têm medo de serem envolvidos. Nas sentinas perdem-se muitas horas à procura de água e há muita confusão. Com elevada procura e pouca oferta, várias pessoas já começaram a prevenir-se contra a falta de água.

 

Para Maria Lopes, a situação já começou a piorar: “não há água em lado nenhum”. Há já alguns dias que as pessoas começaram a vender água de forma racionalizada.

Nesta época, as pessoas sentem muito a falta de água e, à medida que o tempo passa, a situação piora: ” temos falta de água e de electricidade, não sei onde vamos parar”, realça Francisca Fernandes.

Jéssica Soraia está preocupada com a situação da falta de água nas torneiras, e já vê pessoas desesperadas à procura de água. “Ainda estou com um pouco de água, mas estou a poupá-la para não passar mal como vejo algumas pessoas”.

Muitos mindelenses já sentem a necessidade de água e sabem da batalha que vão enfrentar por causa desse problema que assola sempre a ilha.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.