Santo Antão: Juiz mandou para a prisão o homem suspeito de matar a companheira

9/09/2014 00:12 - Modificado em 9/09/2014 00:12
| Comentários fechados em Santo Antão: Juiz mandou para a prisão o homem suspeito de matar a companheira

cadeia-2-O juiz mandou para a cadeia o homem suspeito de matar a companheira na localidade de Chã de Igreja, cidade da Ribeira Grande, Santo Antão. Cipriano Guilherme de 43 anos é suspeito de ter assassinado a sua companheira Marlene Rocha de 42 anos e de ter escondido o cadáver na residência onde moravam.

 

O Tribunal da Comarca da Ribeira Grande aplicou prisão preventiva ao cidadão Cipriano Guilherme indiciado como o autor da morte da companheira Marlene Rocha de 42 anos na zona de Chã de Igreja.

Perante os factos, o magistrado entendeu que a atitude do arguido preenchia os pressupostos para se aplicar o artigo 290º do Código Penal. Decretada a prisão preventiva, o indivíduo foi encaminhado para a Cadeia Civil da Ponta do Sol, onde vai aguardar o desenrolar do caso.

Quanto ao processo-crime, este foi enviado para o Ministério Público para se apurarem os factos que culminaram na morte de Marlene Rocha que residia em Chã de Igreja.

Terminada a fase de instrução, o MP deduzirá a acusação para que o suspeito do crime seja submetido a julgamento para se aplicar a pena que o crime impõe.

O caso foi descoberto no dia 3 de Setembro por vizinhos que deram pela falta de Cipriano e Marlene e foram à procura deles na residência do casal, onde encontraram a vítima no quintal coberta com palha e com os pés à mostra. Cipriano Guilherme estava deitado ao lado do corpo em estado de embriaguez e o corpo da vítima apresentava sinais de agressão.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.