Mães preocupadas com despesas escolares

1/09/2014 07:45 - Modificado em 1/09/2014 08:04

material escolarPara muitas mães chefes de família, a época do início das aulas é uma dor de cabeça, pois as despesas aumentam por causa da compra dos materiais escolares. Mas estes materiais escolares são uma necessidade e, por isso, têm de ser comprados, pelo que surgem problemas no orçamento familiar.

 

O início do ano lectivo 2014/2015 está marcado para o dia 15 de Setembro e muitos pais já começaram a comprar os materiais escolares. De acordo com os pais, a compra dos materiais escolares é uma grande preocupação, visto que as despesas aumentam.

Para muitos, não está a ser nada fácil, como é o caso de Cláudia Semedo que encontramos à saída da Livraria Terra Nova com os seus três filhos: Luís de 13 anos, Cátia de 9 e Catisia de 6 anos.

Maria Fonseca, de 28 anos, trabalha como empregada doméstica e este ano está a ser mais complicado comprar os materiais escolares para as filhas da 3ª classe e do 7º ano. “Agora está dificil porque tenho uma filha no 3º ano e outra vai pela primeira vez para o liceu”. Maria é mãe e pai das crianças, por isso, há alguns meses que vem tentando fazer alguma economia para comprar os materiais escolares. “Já há algum tempo que deixo dinheiro na minha conta, porque se for somente nesse mês fico sem dinheiro para outras despesas”. Maria está preocupada pois, segundo ela, quando os filhos entrarem na escola ainda não terão todos os materiais. “Não consigo comprar tudo agora, alguns ficarão para depois quando tiver mais dinheiro”.

Sandra Monteiro trabalha na Frescomar e tem quatro filhos e está preocupada porque se comprar todos os materiais escolares não terá dinheiro para outras despesas. “O dinheiro disponibilizado por mim e pelo meu companheiro não dá para cobrir todas as despesas”. Se comprarem tudo não conseguem pagar outras despesas como “renda, luz, água, comida entre outras”. Sandra diz que não vai comprar todos os materiais: “os materiais que ainda não vão utilizar compro depois”.

Sofia Lopes de 31 anos já comprou a maioria dos materiais escolares para o filho que passou para a primeira classe: “já comprei quase todos os materiais para o meu filho, porque depois alguns materiais esgotam”. Sofia teve a ajuda do companheiro para comprar os materiais escolares mas, mesmo assim, não comprou tudo porque o dinheiro não chegou para todas as despesas. “Depois compro os materiais que faltam para iniciar o ano letivo”, realça Sofia.

Questionadas sobre os preços dos materiais escolares, as mães consideram razoáveis, mas para o orçamento familiar de quem não ganha muito fica complicado.

 

  1. Celeste Vieira

    MÃES PREOCUPADAS! Simplesmente sintomático que na nossa machista sociedade as mães é que andam sempre preocupadas. Os homens cumpriram a sua obrigação.
    Ejectaram o seu esperma, os espermatozoides foram coroados de sucesso portanto chegou a hora de voar para horizontes mais vastos à procura doutras fecundacoes. Os homens inconscientes da sua responsabilidade paternal estão infelizmente sempre ausentes. Nao é por acaso que nunca se lê “HOMENS PROCUPADOS” mas quase sempre “MÃES PREOCUPADAS”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.