Massacre na Síria: entre 100 e 200 mortos em aldeia de Hama

13/07/2012 00:34 - Modificado em 13/07/2012 00:34
| Comentários fechados em Massacre na Síria: entre 100 e 200 mortos em aldeia de Hama

Os activistas sírios denunciariam um ataque das forças leais ao Presidente Bashar al-Assad a uma aldeia na província de Hama, nesta quinta-feira, que resultou na morte de pelo menos mais de 100 pessoas.

 

As vítimas do ataque a Tremseh, no centro do país, são na maioria civis, de acordo com o Conselho de Liderança da Revolução de Hama. O número de mortos não é, contudo, certo: a AFP fala em mais de 100, enquanto a Reuters dá conta de mais de 200.

 

Segundo os relatos dos oposicionistas, a aldeia foi visada por tanques e helicópteros das forças sírias. Após esse primeiro ataque, a milícia pró-governamental entrou em Tremseh e começou a executar pessoas.

 

 

 

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.