“Alunos universitários necessitam de investigação científica académica”

25/08/2014 02:09 - Modificado em 25/08/2014 02:09

“Alunos universitários carecem de investigação científica, académica”. Quem o diz é o docente universitário Vicente Ricalo, um cubano que há nove anos lecciona nalgumas universidades do Mindelo

Há necessidade de investigação científica académica por parte dos alunos universitários. O professor Vicente Ricalo que lecciona actualmente na Universidade Lusófona, acredita que esta é uma das lacunas que os estudantes universitários em Cabo Verde apresentam e que as universidades e os professores deveriam implementar projectos de investigação científica com o objectivo de desafiar e preparar os alunos.

Vicente Ricalo está em Cabo Verde desde 2005 e tem uma vasta experiência na docência em universidades em Cuba e Cabo Verde, mais precisamente, nas universidades do Mindelo.

O professor universitário considera a sua experiência de docência em São Vicente ao longo destes anos muito satisfatória, mas diz que as maiores dificuldades encontradas até agora são a falta de pontualidade dos alunos na sala de aula, a carência de trabalhos de investigação científica que contribuem para um maior conhecimento e desenvolvimento do aluno e, ainda, um espaço onde se possam encontrar e depositar os trabalhos científicos realizados.

 

  1. Atento

    É fácil. Perguntem a este docente em todas as Universidades que Lecionou, quanto é que as Universidiades investiram para que isso acontecesse? A pergunta é Zero…….Não se pode ter investigação científica quando não aposte nela e muito menos se investe nela….Se não existe condições nem para o Docente como poderia existir para os Alunos, se o Docente é o trampolim para que isto aconteça?

    Existe um certo paradoxo nisso tudo. Eu agora pergunto ao docente em quantas Universidades ele Lecciona?

  2. Atento

    (continuação). Se a resposta for mais de que uma, e que é o mais natural em CV, significa nem se quer condições existe para ele se dedicar a uma única Universidade. Portanto o elo mais fraco é sempre o estudante, quanto na verdade as responsabilidades também são do Docente. Um bom Docente com boas condições e foco no ensino, com certeza motivará, e tirará bom proveito de qualquer estudante. Paremos de procurar sempre o lado mais fraco. Porque este não diz de que as Universidade não tem condições?

  3. vicente ricalo

    Caro Atento,

    Se você ler o “princípio de cooperação e as máximas conversacionais” do Paul Grice verá que ele aconselha na máxima da qualidade, não falar de algo se não estarmos certos. E é exactamente isso o que você faz no seu comentário. Leccionei na Universidade de Oriente durante 20 anos, e inclusivamente nos cursos onde não existe Metodologia da Investigação como disciplina, os estudantes fazem trabalhos de investigação desde os primeiros anos; como pode ver, não todos os cursos tem essa importante disciplina, e é que nenhuma obra humana é perfeita senão perfectível.
    Segundo aspecto, você parece não compreender meu comentário. Ou sou eu quem não compreende o seu?Eu não estou a culpar os estudantes por não investigar, isto por um lado. Por outro, não há maior condição para os docentes investigar que a motivação e o próprio facto de ser docente.
    Não vejo paradoxo nas minhas palavras, mas se realmente houver algum, até os grandes homens se contradizem, imagine eu, que me nutro de eles. Por outra parte, outra violação sua da máxima da qualidade: eu só lecciono numa universidade.
    E, por último, e acho que meus alunos- os que foram, os que são e os que serão- darão fé disto: A minha entrega para eles é total.
    Sejamos rebeldes quando haja uma causa para o ser.
    Atenciosamente,
    Vicente Ricalo.

  4. Aguinaldo Fonseca

    É simplesmente triste e chocante que um tema de tamanha importância e actualidade nao mereça dos estudantes universitarios, para nao falar dos professores, o minimo de interesse.
    Apenas um comentario aqui inserido por ATENTO num universo de centenas de estudantes universitarios.
    Tal silencio fala bem alto e é o reflexo do nível bastante baixo dessas universidades.
    Infelizmente nao existe no seio de muitos dos nossos universitarios um espirito de responsabilização começando pela falta de pontualidade.
    Normalmente sao esses universitarios que vao exercer funções chaves nesta sociedade e logicamente os futuros dirigentes deste País.
    Eu direi: – “maldita a Pátria que tais dirigentes tiver.
    Uma das características do verdadeiro universitário é a sua capacidade académica, a sua capacidade de racicionar independente, de agir e pensar com um espirito critico e analítico.
    Mas nao indo muito longe e consultando apenas o jornal online Noticias do Norte desta semana com temas que merecem um estudo profundo, como agua, electricidade, saneamento, politica, pobreza,ensino, comportamentos sexuais, musica, emigração, etc,etc, nenhuma reacção.
    Alias quando elas aparecem, apesar das limitações nos comentários de 500 caracteres, (que pode ser desrespeitada) nao passam de algumas linhas e com pouco nível.
    Creio que a única preocupação duma grande parte desses estudantes é obter um titulo que lhes garante um salario. Até certo ponto compreensível. Mas dum universitário exige-se mais. Estimular e desenvolver na sociedade um clima intelectual através de debates sobre questões fundamentais da sociedade, estudos e pesquisas cientificas, etc,etc, uma das suas missões que infelizmente sao estranhas para uma maioria.
    Contudo aqui fica o desafio. Quais sao os motivos, as causas do falhanço dessas universidades? Como mudar esta mentalidade e esse estado de coisas?
    Um tema aliciante e actual e de uma importância extraordinária que merece um estudo cientifico dos nossos estudantes caso estiverem verdadeiramente interessados e dispostos a mudarem tal situação pouco dignificante para uma classe que merece mais e de quem muito se espera e se exige.

  5. José Tavares

    Sou docente universitário.Sei o martírio por que passo por causa da falta de condições.O professor é uma autêntica biblioteca móvel, quando a sua casa não o é.Existe alguma universidade com condições mínimas que permitem investigação,mas em contrapartida carecem de ouros meios,refiro-me por exemplo a fundamentalmente à organização interna Alguém costuma apelidar professores de mercenário.Ele tem que subreviver.Fico por cá.

  6. Atento

    Primeiramente, em nenhum momento quiz faltar respeito com a sua pessoa, até porque não o conheço e nem poderia o fazer. Agora sejamos sinceros, me aponte uma única Universidade em CV que possui as condições desejáveis para uma Carreira de Docente? Não se investiga apenas por investigar, e isto não é sinómimo de qualidade, só pelo fato de dizer que A, B ou C investiga. Olha o que aconteceu com o Ensino no geral depois da década de 90…..Veja o último comentário do Sr. “José Tavares”…

  7. Atento

    (continuação) é disto que me refiro, independentemente da qualidade de qualquer Docente. Infelizmente as Universidades têm assobiados para os lados….quando esqueçam das verdadeiras razões das suas existências, e é dai que retiro o paradox…..querem exigir do Aluno e do Docente, quando se quer criam as condições propicias para a prospecção dos seus estudos… Agora convenhamos…o elo mais fraco é sempre o estudante…falo de conhecimento e causa….portanto não estou inventando nada….

  8. Atento

    (continuação)..Apenas estou expressando, e cansado de tanto ouvir na comunicação isto e aquilo, quando os verdadeiros problemas ninguém os aborda. A verdade é que o Alunos são espelhos da verdadeira cara do ensino que temos do que resto são historias contadas para animar a malta toda. O certo é que não estamos preparados para ouvir a verdade, mas sim escondidos em baixo de um manto de ilusões e conversas e palavras bonitas o que é uma pena…. é uma questão de praticidade e objetividade.

  9. Colega académico

    Sr. Ricalo quanto à um espaço onde se possam encontrar e depositar os trabalhos científicos realizados, há este excelente repositorio virtual http://portaldoconhecimento.gov.cv/

    Bem haja.

  10. Atento

    Só não percebi é porque noticias do norte removeu os meus comentários…. ?
    A final as noticias são para comentar ou para estar em montras?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.