Primeira Feira da Dança acontece no Mindelo

22/08/2014 00:06 - Modificado em 22/08/2014 13:36

Feira DancaA Associação de Dança de São Vicente promove no próximo dia 31 de Agosto, no Centro Cultural do Mindelo, a primeira Feira da Dança.

 

A Feira da Dança conta com diversas actividades como workshops de nutrição, fisioterapia, exposição de vestuários e calçados, realização de tatuagens, aulas de dança e, como não poderia deixar de ser, o espectáculo de dança que se realiza no mesmo dia, às vinte horas no palco do Centro Cultural do Mindelo.

O objectivo da Feira que acontece nos próximos dias é unir os grupos de dança para promover a dança que faz parte da cultura do povo cabo-verdiano. A Feira da Dança contará com a presença de nove grupos de dança e quatro actuações individuais.

Com o passar do tempo, têm vindo a surgir algumas escolas de dança que têm contribuído para que a dança ganhe uma outra dimensão. Todavia, esta actividade ainda encontra muitas dificuldades, sobretudo financeiras com escassos patrocínios. Para Noelisa Santos, presidente da Associação da Dança, as dificuldades sempre existiram, sendo uma das maiores as financeiras porque não há apoio por parte das instituições. Embora se torne difícil, no entanto, este não é um motivo para desistir dos projectos e tentar a sua realização mesmo sem patrocínios.

A presidente da Associação da Dança Noelisa Santos perspectiva muita aderência por parte das pessoas tendo em conta que é a primeira vez que acontece no Mindelo e, ao longo dos anos, espera conseguir desenvolver o evento a nível nacional.

  1. bailarina

    dificilmente haverá uma uniao de grupos em são vicente quando a bailairna mor tem uma arrogância maior que a sua capacidade de dançar … espetaculos organizados sem qualidae e onde o único objectivo é lucro isso nota- se pela preço que cobrou a cada pai em um dos espectáculos 4.500 por um figurino de criança ..isso nem na -europa, espetaculos sem qualidade maçudos que não atrai a atenção do publico infantil atrasos no inicio do espectáculo entre outras coisas

  2. bailarina

    para alem do namorado que monitoriza as crianças sem qualquer tipo de formação e intitula se ele próprio de coreografo, coreografias sem linhas coreograficas com um estilo completamente ultrapassado e fora do que é a realidade sanvicentina, não é a toa que a dança continua estaganada em sao vicente … dá se merito quandos e é merecedor para tal o estilo de noelisa náo tem adaptaçao em são vincente o profissionalismo só vem de boca que na hora de mostrar qualidade não existe nenhuma.

  3. bailarina

    independente da resposta continuo a afirmando os espectáculos de dança em sao vicente continuam sem qualidade nenhuma a parte de não se apoiar os grupos existe um desunião e mas profissionais de dança não é nem nunca será um diploma que fará uma boa bailarina e sim paixão criatividade e humildade coisa que a noelisa

  4. bailarina

    não não tem deve se ir ver a bailarina marlene freitas uma das cabeças de cartaz do mindelact para ver o que é uma verdadeira obra de arte em termos de dança uma peça do pés a cabeça e não espectáculos de krakaka e que se tem feito a nível dessa escola de dança, se fala aqui é em evolução coisa, que não há em sv é só trabalhar para o ego e não pela arte de dançar propriamente dita…não tirando o mérito das iniciativas que depois da iniciativa vem a evolução e em sv o que há é uma gde estgnaçã.

  5. bailarina

    existe uma gde diferença entre bailarino e dançarino não se pode intitular de bailarino coreografo quando simplesmente não se consegue colocar uma peça em palco.. onde existem coreografias isoladas sem qualquer ligação…qquer pessoa que perceba minimamente de dança sabe disso… é estar a ensinar sem responsabilização para já ensinando mal as crianças e ainda jogando areia para os olhos de quem não percebe de dança…

  6. bailarina

    já agora qual o nível de ballet clássico que a noelisa tem para abrir uma escola de ballet clássico em sv? fica dica … humildade dedicação e responsabilidade e sim precisamos de qualidade e eu como mãe insatisfeita que percebe e bem da dança tenho o direito ao livrinho de reclamações da internet e dizer o que muitos pensam mas simplesmente não manifestam e ponto final…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.