“Cabo Verde – Os Caminhos da Regionalização”

21/08/2014 08:10 - Modificado em 21/08/2014 08:10
| Comentários fechados em “Cabo Verde – Os Caminhos da Regionalização”

convite_700O livro “Cabo Verde – Os Caminhos da Regionalização”, foi lançado no Centro Cultural Paulino Vieira nesta quarta-feira. Para Carlos Fortes Lopes, o objectivo do livro é procurar dar alguns dados para a população poder analisar: “o povo é que tem que decidir o melhor sistema de regionalização”.

O livro é uma compilação de textos sobre a regionalização, com a coordenação e organização de José Fortes Lopes, professor universitário cabo-verdiano da Universidade de Aveiro e é editado pelo Movimento para a Regionalização de Cabo-Verde.

Para Carlos Fortes Lopes, o lançamento do livro mira a promover debates para que a população dê o seu contributo com ideias e propostas de regionalização: “enquanto apresento o livro ouço propostas”. Carlos Fortes Lopes é o único representante dos autores do livro em Cabo Verde e, segundo ele, a regionalização é importante para Cabo Verde mas, para isso, tem que ser feita a revisão da Constituição da República, “de outra forma não há sustentabilidade, as decisões não devem ser tomadas somente pelos deputados; a população tem de estar mais activa”.

No livro “Cabo Verde – Os Caminhos da Regionalização”, podemos encontrar textos sobre o património e a língua cabo-verdiana, num projecto editorial onde se pretende “dar corpo e espírito ao manifesto, de forma a contribuir para o despertar do activismo cívico e a revalorização da Democracia em Cabo Verde”, defendem os promotores da obra.

Este livro resulta da compilação de uma série de artigos publicados nos últimos anos em diferentes jornais de Cabo Verde versando temas de interesse nacional, como a regionalização, o património e a língua. É um projecto de colaboração que envolve um grupo de amigos cabo-verdianos que resolveram dar o corpo e o espírito ao manifesto e contribuir para o despertar do activismo cívico e da revalorização da Democracia em Cabo Verde.

O livro já foi apresentado nas ilhas de São Vicente, Santo Antão, Tarrafal de São Nicolau. Também foi lançado em Portugal e França.

Os autores:

Adriano Miranda Lima (coronel na reserva), Arsénio Fermino de Pina (médico pediatra, escritor), Carlos Fortes Lopes (mestre em psicologia industrial), Éder Marcos de Oliveira (mestre em finanças), Fátima Ramos Lopes (assessora na área cultural e científica), José Fortes Lopes (professor universitário na área da física da atmosfera e dos oceanos), Luiz Andrade Silva (activista associativo, escritor) e Maria Filomena Araújo Vieira (licenciada em ciências económicas, escritora).

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.