Santo Antão: População preocupada com a ruptura do stock de gás

20/08/2014 00:56 - Modificado em 20/08/2014 00:56
| Comentários fechados em Santo Antão: População preocupada com a ruptura do stock de gás

Enacol (2)Muitos santantonenses estão preocupados com a ruptura de stock de gás da marca ENACOL, porque já sentem a falta deste bem de primeira necessidade. A ruptura deve-se ao afundamento do navio John Miller que abastecia o mercado nacional com produtos petrolíferos da marca Enacol.

 

A população está preocupada porque o gás começa a escassear no mercado e nesta época do Verão as habitações estão mais cheias e gastam mais gás.

Luísa Silva é doméstica e já está preocupada com a ruptura do gás: “estou com muitas pessoas em casa a passar férias e não posso ficar sem gás”. Para Luísa, o gás é um bem de primeira necessidade e as autoridades deveriam ter uma solução já em vista para situações deste tipo.

Marlene Ferreira está com a casa cheia de emigrantes em férias, por isso, está preocupada com a ruptura do gás: “se não houver gás da Enacol, vamos ter de comprar o da Shell, o que acarreta despesas”. Marlene diz que essa situação tinha de estar prevista antecipadamente para haver alguma medida para remediar a essa situação: “as pessoas não podem passar por este constrangimento”.

João Fortes dono de um bar diz que se não houver gás em nenhum lugar da ilha a situação torna-se complicada: “para quem trabalha no ramo alimentício, a falta de gás é péssima, vamos ficar prejudicados”. Este cidadão pede que resolvam a situação para que não tenham prejuízos porque a situação é difícil, “o gás é caro e se esgotar em Santo Antão, vão aumentar o preço”.

Tentámos contactar os responsáveis da Enacol para saber como vão resolver este problema, mas sem sucesso.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.