CMSV refuta críticas sobre mortes na apanha da areia

14/08/2014 01:31 - Modificado em 14/08/2014 09:50

Através do Vereador Anildo Fortes, a CMSV refuta as acusações de que é uma das responsáveis pelas situações que têm colocado em perigo a vida dos apanhadores de areia. Dizem que a CMSV deveria preocupar-se com as condições de trabalho desta classe. Os trabalhadores exigem que a CMSV melhore as condições recorrendo a máquinas para evitar derrocadas.

Mas a edilidade diz que a fiscalização da extracção de inertes não é da sua responsabilidade mas sim do Ministério do Ambiente.

 

  1. Antonia Sousa

    Entao que quem de direito faça alguma coisa com urgencia. Evitem mais mortes dos desesperados pela miséria. Mexem, credo!

  2. Evandro Medina

    Lamentavelmente coisas do tipo ainda acontecem nesse país, dado a pouca condição de trabalho e muitas das vezes péssima, quando mesmo pouca, relativamente a determinados tipos de trabalho. Perde-se mais um cidadão, eleitor, chefe de família, amigo, colega de trabalho, enfim…
    Construtivamente, acho que se devia cria uma associação de camionistas para poderem juridicamente discutir essas questões, definindo os deveres, responsabilidades e direitos da classe, a fim de garantir mais segurança dos intervenientes, sejam eles camionistas ou ajudantes.
    Culpar nesse momento seja lá quem for não resolve a questão, independentemente da instância, a vida é nossa e cabe a nós cuidar dela. Diz o velho ditado:« corda ta rebenta sempre pa lod mas froc.»

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.