Balanço positivo do Festival Baía 2014

12/08/2014 00:58 - Modificado em 12/08/2014 00:58

baía das gatasA Cruz Vermelha e a Polícia Nacional fazem um balanço positivo do Festival da Baía das Gatas. Este ano, a Polícia Nacional elaborou um plano e, de acordo com o comandante da PN Orlando Évora, o plano foi bem implementado e com sucesso. Na Cruz Vermelha não houve registo de casos graves.

 

A trigésima edição do Festival da Baía das Gatas foi marcada pelo civismo do público que vibrou durante os três dias. O vice-presidente regional da Cruz Vermelha, Benvindo Leston, diz que o Festival foi semelhante ao dos anos anteriores, com 246 atendimentos, tendo sido quatro encaminhados para o Banco de Urgências do Hospital Baptista de Sousa com fracturas.

Sábado foi o dia em que houve mais atendimentos, com 65 pessoas atendidas. A Cruz Vermelha trabalhou durante o Festival com 8 turnos, sendo cada equipa formada por 8 pessoas, “médicos, enfermeiros, voluntários e socorristas”. Os atendimentos da Cruz Vermelha foram de escoriações e pequenos ferimentos, mas nenhum grave.

O Comandante da Polícia Nacional faz um balanço positivo do trabalho de segurança realizado durante o Festival de Música da Baía das Gatas 2014 e, para Orlando Évora, o plano previsto foi muito bem implementado, apenas com registo de casos normais.

Este ano, o Festival foi marcado pelo civismo da população que mereceu nota positiva por parte do Comandante da Polícia Nacional, Orlando Évora.

 

  1. Artista

    BALANÇO POSITIVO DUAS MORTES

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.