Ébola: Ministra da Saúde desaconselha viagens a Serra Leoa, Guiné Conacri, Nigéria e Libéria

7/08/2014 07:59 - Modificado em 7/08/2014 07:59

cristina fontesO Ébola tem preocupado as autoridades mundiais de saúde. A epidemia verificou-se em quatro países da sub-região: Serra Leoa, Guiné Conacri, Nigéria e Libéria. E a Ministra da Saúde não recomenda visitas a estes países. “Nós estamos a dizer que se não tem de ir, não deve ir e se for tem de contactar imediatamente a Delegacia de Saúde na ida e na volta”, enfatiza a Ministra da Saúde, Cristina Fontes.

 

A Guiné Conacri, a Serra Leoa e a Libéria registaram casos de Ébola. Já foram registados cerca de 1600 casos com 900 mortos. A este grupo junta-se a Nigéria que conta com quatro casos registados.

Como explica a Ministra, se for infectado, o vírus fica dentro do corpo 21 dias. Quando começa a manifestar-se é o momento em que se torna contagioso. E qualquer pessoa que tiver sintomas ao entrar no país “é obrigado a informar”. Acrescenta que o país já tem condições de isolamento nos Hospitais e nas Delegacias de Saúde. Mas o receio é que alguém entre no país com o Ébola e não avise e crie um núcleo de contágio. A ameaça do Ébola no país “é real”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pode declarar o surto do Vírus Ébola como “ameaça sanitária internacional”, o que implicaria medidas de controlo e restrições de viagens, para além de verificações nos aeroportos.

A partir desta quarta-feira, 15 especialistas de diferentes nacionalidades reúnem-se com carácter de emergência para determinarem até que ponto a proliferação da doença no oeste da África é um risco para a comunidade internacional e vão estudar medidas para travá-la.

  1. Romina

    “Nós estamos a dizer que se não tem de ir, não deve ir e se for tem de contactar imediatamente a Delegacia de Saúde na ida e na volta”, ???????????? e pa ka txa entra na Pais e pronto!!!! assim k todos os outros paises ti ta faze!!!!

  2. Mateus

    A Sra ministra devia fechar as nossas fronteiras para os países onde o Ebola esta matando pessoas. isso sim, seria uma decisão correcta.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.