Chã de Igreja: Juiz coloca na prisão três indivíduos acusados de violarem crianças do ensino básico

28/07/2014 02:01 - Modificado em 28/07/2014 09:03

prisao preventivaO Tribunal da Comarca da Ribeira Grande aplicou prisão preventiva a três indivíduos indiciados de abuso sexual de menores com idades compreendidas entre os 11 e os 14 anos, na localidade de Chã de Igreja.

O Tribunal procedeu ao interrogatório de três indivíduos indiciados de violar adolescentes de idade compreendida entre os 11 e os 14 anos na localidade de Chã de Igreja, no interior do concelho da Ribeira Grande. Com a realização de diligências por parte das autoridades e com base nos indícios, o Juízo Crime entendeu que os suspeitos deveriam aguardar o julgamento na prisão. E nesse sentido decretou a prisão preventiva como medida de coacção

O Ministério Público emitiu um mandato de prisão para deter três cidadãos de 20, 28 e 43 anos que estavam indiciados da prática de um crime de abuso sexual de menor. O caso chegou às autoridades policiais na sequência de uma denúncia anónima.

Perante os factos apurados nas investigações realizadas pelas autoridades criminais, foram detidos três suspeitos. O Juízo Crime decidiu pela prisão preventiva como medida de coacção, porque os indícios recolhidos durante o interrogatório, com base no depoimento dos suspeitos, apontaram a prática de um crime de abuso sexual de menor.

Deste modo, o magistrado entendeu que a atitude dos arguidos preenchia os pressupostos da privação da liberdade, por isso, foi aplicado o artigo 290º do Código Processo Penal e os homens foram encaminhados para a Cadeia Regional da Ponta do Sol.

Quanto ao processo-crime, este foi enviado para o Ministério Público para se apurarem os factos que culminaram na agressão sexual de menores. Terminada a fase de instrução, o MP deduzirá a acusação para que os acusados sejam submetidos a julgamento e, caso forem condenados, incorrem numa pena de prisão entre 4 a 10 anos.

O NN sabe que estas crianças frequentam o Ensino Básico Integrado dessa localidade e o Instituto da Criança e do Adolescente (ICCA) já está a acompanhar as menores.

Somente três homens já foram apresentados ao Tribunal mas, de acordo com uma fonte, há mais suspeitos mas não se sabe quantos indivíduos estão arrolados ao processo.

  1. Andrea Fortes

    Até parece um disco riscado mas nao consigo evitar a tentação de enviar este comentario na esperança ou melhor na ilusão que ele poderá ter uma mínima influencia nos instintos perversos e descontrolados de possíveis violadores.

    [“Crianças sao flores da revolução”. Maldita a hora que esta frase foi formulada. E os homens, nao esquecer tambem as mulheres, estonteadas com os slogans ilusórios da revolução perderam todo o controlo sobre o seu desejo sexual.
    Milhões foram investidos em campanhas de consciencialização sobre uma reprodução responsável, milhões foram investidos em artigos anti conceptivos, dinheiro perdido, tempo perdido.
    A libido incontornável e indomavel falou mais alto. A cabeça deixou de funcionar, a noção de responsabilidade desapareceu e o resultado está à vista de todos.
    Uma paternidade irresponsável, crianças trazendo ao colo crianças, miséria alargada e o pior ainda essa explosão duma população jovem e sem nenhuma perspectiva vai funcionar como uma bomba atómica debaixo desta sociedade.
    Crianças que na verdade deveriam ser umas flores e como tais tratadas, pois nao pediram para vir para este mundo, foram finalmente as maiores vitimas da revolução.]

  2. CidadaoCV

    Pois é … Mais uma vez Santo Antão é notícia, em casos de perversão sexual … até parece que Santo Antão é uma ilha de tarados.

  3. Cidadao atento

    Estes casos ja não são novidades na ilha de Santo Antão, ha varios casos no concelho do paul que alguns foram aplicados prisão preventiva e outros não por serem influentes ou familiares/parentes de pessoas influentes.

  4. Cidadao atento

    Não entendo a forma como a justiça ou o senhor juiz Afonso Lima anda a lidar com esses casos, uma vez que age de forma desigual com os prevaricadores visto que a poucos dias tive um caso do mesmo teor com uma menor da localidade de Tarrafal da cidade da Ribeira Grande ou seja uma menor de 13 anos fora violada por alguns individuos e de momento ta gravida mas como tem um filho do senhor TATSS envovido, estes foram deixados em liberdade.

  5. CidadaoCV, deixa de ser ignorante ao dizer que Santo Antão parece ser uma ilha de tarados. Isso é um flangelo que infelizmente está a acontecer em todo nosso CV. Agora na verdade os Santantonenses fazem denuncias a fim de por cobro a essa situação, o que não acontece nas outras ilhas devido a vossa cobardiça…

  6. Liseth

    Até que enfim os csos de abuso sexual na ilha de Santo antão já começaram a vir a tona. Ainda não viram nada, há muitos casos escondidos, mas sejamos verdadeiros, estes homens merecem muitos anos de prisao

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.