Joceline Medina, uma voz que encanta

28/07/2014 01:45 - Modificado em 28/07/2014 01:45

Joceline MedinaArtista caboverdiana, a jovem artista é  natural de Santo Antão, interessou se pela musica ainda criança, neste momento a jovem artista com o seu  talento e irreverência marcaram a sua carreira.

 

A então artista com 23 anos, iniciou a dar os seu primeiros passos na música desde muito cedo,entre os 7 aos 10 anos era bailarina, “ tínhamos um grupo de dançaa que ate hoje existe “maravilhas tropical”, mas a musica estava sempre presente, aos 14 anos comecei no rap com uns amigos meus. A partir desse momento Joceline descobriu aquilo que lhe movia.

Aos 15 anos participou num concurso onde conquistou o 2º  lugar, e nunca mais parou. Par além de actuar em diferentes ilhas do país, pisou  vários palcos na diáspora.

“ Aos 17 anos participei no programa culturarte na cidade da Praia, tive aulas de canto, conheci outras coisas e pessoas, visto que era um intercâmbio entre americanos e caboverdianos,  foi algo que me fez seguir mais a frente.

Muito determinada a jovem artista diz “ hoje com 23 anos ainda continuo a traçar o meu caminho, sei bem o que quero, e onde pretendo chegar”.

Com diferentes trabalhos realizados em Portugal e Cabo Verde,  representou o pais la fora, participou em grandes concertos. Á  convite do grande musico Nando da Cruz  participou do single Crianças di terra 2, juntamente com  Náná e Cremilda Medina.

As  dificuldades são muitas, “ foi difícil e ainda esta sendo encontrar o estilo musical que me define melhor, visto que sempre gostei de cantar diferentes estilos musicais, e sempre um vazio por dentro quando sei que tenho que deixar algo para trás, mas hoje ja tenho uma noção daquilo que quero, e vai ser aqui o que decidir, muitas vezes é difícil encontrar profissionais que  ajudam a realizar o  trabalho, visto que nem sempre as pessoas tem o mesmo foco, e não cumprem o que com as sua palavras.

Joceline confessa “ o que mais marcou a minha carreira  foi a minha participação no programa Idolos em Portugal, ao qual ganhei boa notoriedade do público até hoje, ainda hoje as pessoas me chamam “a menina dos idolos” ..e também quando representei o meu país no Festival PanAfricano em Argelia 2009, o evento “Força di mudjer” na Praia ao qual participei este ano foi em grande”.

Para Joceline Medina  o meu foco é trabalhar no  próprio projecto “com muita garra e determinação, continuar a cantar pelos palcos de Cabo Verde e  na diáspora, conquistar o público, afirmar-me melhor como artista”.

  1. Djê Guebara

    Nunca das por vencida teus sonhos o que queres ser, porque a felicidade humana è lutar e conseguir seus objetivos. Sorte criola linda.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.