Pastores pedem mais atenção aos condutores

24/07/2014 08:28 - Modificado em 24/07/2014 08:28
| Comentários fechados em Pastores pedem mais atenção aos condutores

DSCF6273A morte frequente de animais na estrada Porto Novo – Ribeira das Patas   está a preocupar os pastores que vivem do pasto. Isto porque viram vários animais a serem atropelados nessa estrada, por isso, pedem aos condutores que conduzam com mais atenção.

A criação de animais nas imediações da estrada Porto Novo – Ribeira das Patas é um problema que afecta os pastores, porque muitos animais já foram mortos por atropelamento. Os pastores pedem aos condutores para conduzirem com mais cuidado porque os animais podem atravessar a estrada a qualquer momento.

Artur Santos que já perdeu várias cabeças de gado acredita que os condutores podem ter mais cuidado com os animais: “todos sabemos que os animais atravessam a estrada, mesmo quando vêem carros, por isso, peço aos condutores que tenham mais atenção”. Artur diz que estes animais são o único sustento para a família. De acordo com o pastor, os carros de passeio, na maioria das vezes, andam com muita velocidade e, ao atropelarem um animal, não lhes prestam socorro: “é uma falta de respeito para o nosso trabalho e o animal”.

DSCF6274João Rodrigues adianta que os condutores não respeitam o trabalho dos pastores: “tentamos que os animais evitem a estrada mas, às vezes, é impossível. Não conseguimos comandar o pasto”. Para ele, os condutores já sabem que existem animais nessa estrada, pelo que devem conduzir com cuidado: “a maioria conduz a altas velocidades por ser uma estrada recta”.

A maioria dos condutores culpa os pastores por deixarem os animais sozinhos nas estradas, mas Pedro Fortes refuta a ideia dizendo que vigiam sempre os animais. “O problema é que, às vezes, alguns vão para um lado e o restante para o lado oposto”. Quando é assim, têm de deixar alguns animais sozinhos. Pedro acrescenta que mesmo sem o perigo de atropelarem animais, os condutores devem conduzir com atenção.

Por sua vez, Arlindo Rodrigues pede aos condutores que conduzam com atenção para não atropelarem os animais, sublinhando que todos sabem que passam animais frequentemente por essa estrada: “já perdi vários animais, porque os condutores não tiveram cuidado”.

A criação de animais nas imediações dessa estrada e noutras localidades da ilha de Santo Antão, está a prejudicar a circulação de veículos. Os condutores culpam os pastores por essa situação e os pastores pedem aos condutores para conduzirem com mais cuidado, porque os animais podem atravessar a estrada a qualquer momento.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.