Ulisses Correia satisfeito com entrada da Guiné Equatorial na CPLP

24/07/2014 08:16 - Modificado em 24/07/2014 08:16

ulissesO presidente do Movimento para a Democracia (MpD), Ulisses Correia e Silva, em declarações à imprensa, reagiu hoje positivamente ao anúncio da entrada da Guiné Equatorial na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

 

Ulisses Correia e Silva lembra que o  MpD já tinha referido que iria convergir relativamente à posição que a CPLP tomou sempre no sentido de que, houve um conjunto de critérios que foram estabelecidos para que esse país fizesse parte da CPLP.

“Houve alguns avanços, nomeadamente em termos de adoço do português como língua oficial, a suspensão da pena de morte, por isso a comunidade entendeu que estariam criadas as condições para que esse processo fosse evolutivo”, salientou.

O líder do MpD acredita que, estando a Guiné Equatorial na CPLP, haverá mais condições de se fazer pressão para que todo o quadro democrático de liberdade e de direitos humanos naquele país conheça evolução positiva.

  1. João Marques

    A entrada foi UMA GRANDE PALHAÇADA, e há um ou outro que nos quer enganar.E se a China pedisse para entrar na CPLP? Assim, parece aquela coisa..da Joana!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.