Smartphones para os funcionários da função pública: Smartphone é esse?????

22/07/2014 07:56 - Modificado em 22/07/2014 07:56

smartFuncionários da função pública não acreditam na melhoria da prestação de serviço com a utilização dos Smartphones que, segundo o Primeiro-ministro José Maria Neves, irão ser distribuídos à função pública.

Os 21 mil Smartphones que irão ser distribuídos aos funcionários da função pública, uma iniciativa do Primeiro-ministro, não parece ser a melhor medida para dinamizar os serviços da Administração Pública. Isto e acordo com os funcionários públicos ouvidos por este online

Para além da maioria dos funcionários da função pública entrevistados pelo NN não estarem suficientemente informados acerca da introdução dos Smartphones, os mesmos consideram que a sua utilização não trará muitas mais-valias ao seu desempenho e acreditam que são necessárias outras medidas de reforma na prestação dos serviços públicos.

Em contacto com o departamento das Finanças, em São Vicente, ouvimos alguns funcionários . Das suas declarações pudemos constatar que a introdução dos Smartphones não faz qualquer diferença no serviço que executam.

Um funcionário da função pública, a quem respeitamos o anonimato, realça que os serviços públicos necessitam de reformas profundas, para darem melhores respostas aos utentes e com maior rapidez e eficiência. Por isso, acredita que uma boa medida a ser tomada, seria  “o despedimento de certos funcionários que são simplesmente uns parasitas que não deixam desenvolver os serviços.”

Christopher Lima, um cidadão mindelense adianta que “a história da introdução dos Smartphones é uma brincadeira, porque será mais um elemento de distracção dos atendedores da função pública, para além do Facebook que já acedem nas horas de serviço. Para Christopher, a introdução do aparelho só irá atrapalhar ainda mais porque há muitas pessoas na função pública que nem um computador sabem abrir quanto mais manusear os tais Smartphones.

O mesmo acrescenta ainda que os serviços públicos nunca prestaram um serviço de qualidade porque  “há muitas pessoas incompetentes e sem qualquer formação para o atendimento “porque quando um utente chega às repartições, está sujeito a ouvir toda a vida pessoal dos funcionários porque não deixam o telemóvel para atenderem um utente.

  1. CidadaoCV

    Pois é … 21 mil Smartphones, 21 mil votos? Um “ÓPTIMO NEGOCIO”?… ou uma grande negociata? Cada Smart deverá custar cerca de 13 mil escudos (13.000$00). Agora: 21.000 x 13.000$00 =273.000.000$00. A função publica por ora não precisa de Samarts, mas sim de funcionários verdadeiramente habilitados, não de comissários políticos.

  2. Mandrak

    ADM Publica e Governo de Cabo Verde, com ignorância XL, ao quadrado. Simplesmente lamentável….daqui pouco os

  3. Mandrak

    ADM Publica e Governo de Cabo Verde, com ignorância XL AO QUADRADO. Simplesmente lamentável….daqui pouco os políticos lembram do povo, e começam a distribuir camisas e chapéus, para enganar os iletrados….ISSO É TRISTE.
    Como Black Side disse, Ess ta oia pa pov sô na hora eleção.

  4. a moda caboverdana

    não estão por dentro do assunto e conseguem emitir opnião

  5. BALANÇA

    QUE GRANDE NOGOCIO!!! 21.000 x 13.000$00 =273.000.000$00. DEVE SER PARA AJUDAR NAS CAMPANHAS DE 2016

  6. rapaz sem juiz

    AGORA SIM! COM A CHEGADA DOS SMARTPHONE AGORA QUE A SR. CELESTE DAS FINANÇAS MÁRRÁ VELA E FALÁ NA VIDA DE GENTE! AGÔ KI NÊ TRABAIÁ.ELA E ALGUNS JÁ TA BOM DIS SER DESCONJURÔD. (MANDÁS PA GALINHA DE REFORMA)

  7. adalgiza monteiro

    paranoia de José Maria Neves. Pudera. falta-lhe acessoria e nem os seus ministros são capazes de o elucidar. vejamos os comentarios de a semana aos fins de semana. quase nada. mas na segunda feira, o bombardeamento é bem grande. funcionarios que vão aos jardins levar os seus filhos e buscá-los, fazer compras nas horas de expediente, alguns advogados que até de advocacia provada tratam durante as horas de expediente. . smartphones é mais uma forma de co9municação para tratar de fofocas .

  8. Avelino Varela

    Sr. 1ª M. deve estar a brincar; porque bem sabe que a função pública em toda parte do mundo, o rendimento é negativo com todo o repeitos pelos trabalhadores mas essa é a verdade, com um smart, eles vão achar que são mais esperto que os smarts então vão perder muito tempo a discutir e o trabalho fica. Sr 1º seja inteligente.

  9. Salense

    Lamentável mesmo ler uma noticia dessas, o GOVERNO não tem mais que fazer , prestao um serviço de porcaria e ainda vão entregar-lhes smartphones espera que 2016 ta perto.

  10. Atento

    Bem, pelo menos estes estão atentos e não erraram em nem uma virgula se quer. Quem acredita que isto irá dar alguma coisa é porque não conhece bem a realidade. Isto é mais uma manobra de diversão para esconder os verdadeiros problemas da administração pública. O mais “parvo” é que de serviços inovadores nada tem ai, mas sim desnorte de ideias sem consenso..apenas ego de um grupinho disfarçando os verdadeiros problemas…. haja saco nem…..

  11. Lol

    Acho uma medida descabida. Precisamos de funcionários “smarts” (espertos, inteligentes…), e não de “brinquedos” para gastarem tempo, em vez se estarem a trabalhar. Este bendito dinheiro deveria ser gasto na formação e qualificação dos funcionários e não num disparate desde tamanho. Todos os funcionários já podem por si só comprar um smartphone. Aproveito para criticar a distribuição dos ipad’s aos deputados. Só num país tão atrasado como cabo verde se fazem estas coisas.

  12. nepster

    os smartphones vão servir para executar a função do funcionário no próprio smartphone.
    para mais informacao -> http://www.mkonekta.gov.cv

  13. aldina

    Foncionarios da foncao publica estao precizando de uma boa formacao professionnal estou precizando de aprender a trabalhar em inteligencia estou precizando a aprender a trabalho do servicos as pessoas. Estou precizando des respeitar os utilizadores dos balcoes publico. O gouverno falhou mesmo

  14. Pa Manti

    Próximo eleição é CARRO BMW X6 para todos!!!

  15. Djonsa di kobon

    Há cada chacota na Função Pública… O Romeu Modesto disse uma vez, que o Estado ia dar uma certa percentagem para almoço dos funcionários para não se ausentarem do serviço, nunca mais foi satisfeito tal promessa. Agora vem o PM com essa de Smartphone, quem vai acreditar nessa gente? Até que pode ser… mas terá de ser ai para os finais de 2015, vésperas das eleições, conforme a cara que conforma o José Maria Neves, o Filú, o Júlio, a Cristina ou a Janira.

  16. dores

    Bom mi é funcionario pubico, inda nka obi ta flado nada a não ser pa jornal e djam sabi ma alguns dja teni massss… inda so os “queridos e chefões”.

    bom mi por acaso ses mandaba aceleraba nha pc era bom pamo telemovel kata da pa trabadja, nha pc é uma lentoooooo pa abre kualker cz até um silpmes word ta dura lol.

    djam atxa mes devia cababa ku es fb entre outros.

    stam ma kel 21 mil é pa alguns e familiares kkkkkkk

  17. Coca cola

    Será mesmo que o nosso PM está a pensar abandonar o governo,e arranjou essa confusão para ver que é que no PAICV está com mias vontade de lhe suceder ou será que o nosso PM está a pensar já na corrida as presidenciais.
    Espero que o povo não caia nessa porque se não vamos voltar a época do partido único.
    Já não chega a Cabo Verde 15 anos de desmando do governo e ainda temos de aturar mais.

  18. Atento

    “nepster” diz “…..os smartphones vão servir para executar a função do funcionário no próprio smartphone.
    para mais informacao -> http://www.mkonekta.gov.cv……”….. pede ao Zezinho que te dê um telemóvel e depois me diz quantos operações conseguiste executar no smartphone……depois apareces aqui novamente para conversarmos…. pois acredito que vais é desistir se quer de tentar..porque isto é pura propaganda…. e campanha a porta……só na cabeça de um tolo isto cabe………..

  19. Fatima

    Na minha opinião o maior problema deste país, quer na F.Publica quer no Privado é a falta de ética,moral, responsabilidade,autoridade e o excesso de partidarismo dos dirigentes no que respeita á escolha dos funcionários…Precisamos é de 21.000 homens e mulheres com ética,moral,respeito,honestidade,educação, princípios, respeito pelo próximo etc.
    Se os Smartphones conseguem nos transformar em pessoas responsáveis e honestas que venham!!!!!

  20. Cristopher Bakan

    Primeiro, quem disse que o preço desses fones são 13 contos ? Se me derem o negócio com essa quantidade para entregar, faço-vos por 50 dólares cada!!! Alguém anda a enganar alguém nesse negrócio.

    O sr. PM anda a tentar enganar os CV’s com essas medidas-de-chupeta avulsas.

  21. roxana aguilera

    nada sustituie la capacidade genetica e la trenada , como tampoco el respeto pela profesion e a sencibilidad del servidor publico . exemplo : vem um doente pideindo uma receta para comprar medicamento para su enfermedad cronica e la ” Dra oftalmologa ” con smart fonne donde pesquiza os jornais a ver que falam o a mandar a chupar limon ,nao hara la receta ,pq el doente chego cuando ela estaba ocupada con seo smartfonne.
    Sera q x comprar ,habra regalias ao comprador (£ PUBLICO)

  22. Valig

    Precisamos é de “Smart Funcionários”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.