Trás de Cadeia: Moradores exigem iluminação pública

17/07/2014 08:12 - Modificado em 17/07/2014 08:12

iluminação publicaNa Ribeirinha, os moradores da área situada nos arredores atrás da Cadeia Central de São Vicente mostram-se descontentes e preocupados com a situação de insegurança que vivem na zona pela falta de mais postes de iluminação pública.

 

Heidymara diz que a zona é muito perigosa e já viu algumas pessoas a serem agredidas “e não consegui fazer nada”. As imediações da cadeia são escuras e ali circulam muitas pessoas que têm necessidade de por ali passar: “é o caminho de casa de muitas pessoas”. Heidy adianta que já pediram a colocação de mais postos de electricidade para garantir a segurança, mas ainda sem sucesso.

Cátia Delgado já foi atacada por um “caçubodista” ao meter a chave no nariz da porta: “fui apanhada de surpresa e não consegui defender-me”. Para evitar estes ataques, colocaram uma lâmpada na rua para garantir mais iluminação. Ela sublinha que esse é um lugar estratégico que os assaltantes usam para atacarem as pessoas, pois “sabem que ali é escuro”.

“É desagradável ir para casa com medo de ser atacada”, sublinha Fretson que não aconselha ninguém a andar sozinho de noite pelos arredores da cadeia. A iluminação é fraca e os postes de iluminação nunca estão todos acessos, “há sempre algum que tem as suas falhas”.

Patrícia Dias que mora ao lado da cadeia, nunca assistiu a nenhum assalto, mas ouve muitas histórias de cidadãos que foram assaltados nesse local: “muitas pessoas dizem que foram atacadas ali perto da minha casa”. Mesmo sem assistir a nenhum assalto, Patrícia acredita que a iluminação é algo que deixa muita falta, “não nos sentamos na rua com medo de sermos assaltados”.

Já foram registados muitos assaltos nesse lugar e, por isso, os moradores apelam à segurança das pessoas colocando mais lâmpadas para prevenir situações piores.

 

  1. Há muito que tenho falado nessa questão da iluminação pública e as autoridades sabem do problema, agora não sei o que passa nas suas cabeças, o mais incrível que pareça numa zona onde está situada a melhor cadeia da ilha que não tem nem sequer 1 poste de iluminação e conforme relato das pessoas é a mais perigosa de S.Vicente, toda a Ribeirinha necessita de postos de iluminação pública pelo qual exigimos que a Electra faça isso para o bem das pessoas e sua seguança.

  2. Romina Melo

    Onde vai aquela taxa de iluminação Pública? È paga para que? Para os políticos e os meninos bonitos aumentar as suas contas no Banco para ter carros novos? E a segurança daqueles que sacrificam para pagar a IP?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.