Chã de Criquete: Moradores exigem iluminação pública, sinalização e identificação das ruas

16/07/2014 01:05 - Modificado em 16/07/2014 01:05

Rua sem iluminaçãoEm Chã de Criquete, os moradores da área situada nos arredores da Universidade Lusófona mostram-se descontentes com a situação de insegurança da zona.

Em diferentes ruas dessa zona não existem postos de iluminação, as ruas não estão identificadas e muito menos as portas das casas.

Honorina Brigham diz que a zona é um autêntico labirinto escuro onde não existe iluminação e é uma rua onde circulam pessoas, sobretudo, alunos da Escola Técnica. Muito preocupada, Honorina diz que “a zona não possui qualquer identificação tornando difícil o acesso às casas e ruas. Em caso de emergência, é complicado fazer chegar socorros porque não há nada para a identificação, ou seja, a única referencia é a Universidade Lusófona”.

Emanuel Matias afirma que “numa área onde há muita circulação de pessoas, o problema da iluminação pública torna-se numa situação desagradável”. O mesmo diz que fez diversos contactos no sentido de colocarem lâmpadas nas ruas, mas o problema arrasta-se há vários anos e nunca foi resolvido. Mesmo contribuindo para a iluminação pública, Matias fez questão de colocar duas lâmpadas no exterior da sua casa para facilitar as pessoas.

Embora nunca se tenham registado assaltos na rua, o morador diz que é necessário prevenir situações piores, idênticas às que habitualmente acontecem nos arredores da Universidade Lusófona onde muitos alunos e outras pessoas foram agredidos.

Os moradores dizem que apresentaram o problema à Câmara Municipal de São Vicente e a resposta que obtiveram foi que cada um fizesse a identificação das próprias casas. Os mesmos ficaram incrédulos quanto à solução do problema  que a edilidade apresentou.

Uma outra vizinha diz que muitas vezes recebeu correspondência de pessoas da zona por engano, porque há vizinhos que ao identificarem o número das portas, colocaram o mesmo número, dificultando assim a identificação das casas e das pessoas.

  1. A iluminação Pública é um problema Geral de todas as zonas. As zonas mais criticas são as denominadas zonas de fraldas, e que é preciso a Electra e a Câmara Municipal porem mãos à obra tanto na iluminação pública como, esgôto e água que não existe e que representam grande problema nessas zonas.

  2. va

    não podemos estar a pagar iluminação publica se na nossa rua não existe sequer uma lâmpada publica. é gritante como a ilha em números de zona sem agua, esgoto, calcetamento e iluminação.

  3. carlos jorge wahnon

    Ess zona de chã de criket já tive varios assaltos e até um homem ja foi aleado mortaalmente!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.