Mulher grávida acusa inspector da PJ de tentativa de agressão

14/07/2014 08:11 - Modificado em 14/07/2014 08:11

Isaura Borges, que está grávida de seis meses, acusa o inspector Álvaro da PJ, delegação do Mindelo, de tentativa de agressão durante uma busca realizada na sua casa.

De acordo com essa comerciante o referido inspector tentou agredi-la, e só foi detido pelos seus colegas. A delegação da PJ, no Mindelo refuta a acusação dizendo que Isaura Borges tentou evitar que os agentes cumprissem um mandado de busca ordenado pelo Ministério Publico e que ameaçou de morte o inspector em causa. E que por este motivo Borges acabou por ser detida por desacato a autoridade.

 

  1. MIndelense

    Quem não conhece esta maldita, ela é uma das piores pessoas que tem aqui em S Vicente, tem problemas com toda a gente e autoridades e é muita confusenta e atrevida, agora é bom investigar onde que as bananas que ela vende pariu toda a fortuna que ela vem mostrando de fora. Força PJ:

  2. Isaura

    Ah Isaura quem não deve não teme.
    Ka ê primera vez ne dvera? bo te lembrá de ots casos?

  3. idels

    es pj es t xtot e tut ne pleceria kes sabe ke kond ex faze algo catem nem un punicao ;tut zona estot ne abuse d puder

  4. soncent

    ma ess senhora li ene brincadera!!! fogo!!! kuaze tut dia policia, fiscal…te estod na port d se casa!!! ela ene mau pessoa ma ela eh mut confuzenta i trivida an!!!

  5. PSIR

    Força Isaura!
    Quem não deve não teme. O que eles fizeram foi excesso de zelo, abuso de puder e perseguição. Aqueles que falam mal é por dor de cotovelo. És Lutadora e dói aqueles que não têm a tua garra. Estes Inspectores hão de pagar na justiça. Apelamos aos direitos humanos.

  6. Mels

    Todo mundo sabe que tens bom coração. Não desanimes, quem luta pela vida é sempre odiada e criticam aqueles que não lutam pela vida. Que a justiça seja feita porque não há nada a temer. Obrigada TCV.

  7. ess juduciares ta muitas buzod abusos do poder , humiliaçao falta de respecte , nimgue nem cima do lei ma kel lei li e criod pa ums jovems judiciarios imcompetente , sinceramento , manda busca na casa duma mulher gravida luttador trabailhadora ,… cond um oia certas critica ,opinions dums pesoa um te fica triste que inveja prop tem …, uma mulher gravida ess ochial na c loja , ainda mais gemial na kel stado kela tava so pa busca prova , nada esh ka oichia.. .uké kela mandash e pouco, justicia

  8. onde e justicia na cabo verde, ums p.j incompetento te chiga na casa de gent ku stupidez , abusos do poder, te tratas gent moda lixo sinceramento , spia bo oia uma mulher gravida na kela stado kela tava esh te chiga duma manera so pa humiliob, no busqua duqué??? uma pesoa na c loja te traboia pa ganha c pao esh chiga gemial maltratal na frente de sesh fidjs ,so pa busca prova, kesh boca kel mandash pa mim e pocou.. ainda mais nada esh ka ochia esh é prop vergonha dum pais democratico

  9. oi nha povo injusticia prop ,abuso do poder , ess pensa que lei te dash força te piza na qualquer tipo de pesoa kel vez li buzot bai lonje pa é pa … uma mulher gravida buzot ochial na c casa humilial frente de sesh fidj , modqué: na busca do prova , oqué buzot ochia la nada nada , buzot ka pode oia nimgué subi na vida, banda d´incompetente , uma mulher gravida buzot ta pol gemia sinceramento onde é kel democracia na cabo verde,kel boca kela manda e pocou pa buzot ,

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.