Empresas de aluguer de automóveis preocupadas com o aluguer clandestino

10/07/2014 01:30 - Modificado em 10/07/2014 01:30

São muitos os automóveis clandestinos no mercado são-vicentino que fazem concorrência as empresas  de aluguer automóveis . Os responsáveis mostram-se insatisfeitos com a situação que se arrasta há longos anos e dizem não terem mais soluções para combaterem o mercado negro de aluguer de automóveis clandestinos.

 

Com o aproximar-se das férias, período em que a ilha de São Vicente acolhe muitos emigrantes e turistas, os espaços de aluguer de carros temem a concorrência desleal dos carros clandestinos.

COOKIE2Manuel Fortes, da Alucar, defende que os carros de aluguer clandestinos são um mal que se alastrou no mercado em São Vicente, sobretudo no período das férias, do Carnaval, do fim do ano. As empresas  de aluguer sentem-se sufocadas pelos proprietários que possuem  seis e até sete carros clandestinos. “Muitos clientes alugam carros por um período de tempo, no entanto, dois a três dias depois, devolvem o carro porque encontraram quem lhes empreste a um preço mais baixo”.

Para Fortes, a situação é incontornável e pede que as autoridades competentes resolvam o problema porque quem paga os impostos fica penalizado. “Em São Vicente há uma ausência total da fiscalização. As empresas legalizadas são frequentemente fiscalizadas enquanto que os clandestinos continuam com a actividade ilegal ”.

atlanticarManuel Pinheiro, “Nolito”, sócio e gerente da Atlantic-Car muito descontente adianta que tentaram fazer várias diligências junto das autoridades de direito, mas até agora não fizeram nada porque não quiseram fazer. Foram informados com o nome das pessoas com carros clandestinos em São Vicente, mas enquanto isso, a situação continua com muitos mais carros clandestinos a circularem no mercado”.

O mesmo avança que todos os anos se deparam com a mesma situação. Contudo têm responsabilidades para com a Câmara Municipal, Finanças, viação e ninguém faz nada para pôr cobro à situação e faz um apelo às autoridades competentes, sobretudo, à viação que passa a vida a fiscalizar e esquecem-se dos que não são legais e não fazem nada, nem a Polícia, nem a viação, nem as Finanças.

Muito convicto, “Nolito” afirma que existem várias empresas com carros clandestinos. As autoridades têm conhecimento das mesmas e até há agentes da polícia que utilizam esses carros clandestinos e que tem provas concretas para tal afirmação.


COOKIE2
João, representante da Bel-Car muito indignado resume o seu depoimento dizendo que já está cansado da situação, porque há vários anos que têm vindo a tentar combatê-la junto das autoridades, mas sem sucesso. “Quando quiserem, que façam qualquer coisa”.

  1. Barbosa

    Apenas uma sugestao para combater esse mal :
    que tal rever a tarifa diaria de aluguer que eh exageradamente alta em todo o pais. Em Sao Vicente ninguem consegue fazer 100 kms em 3 dias e o minim0 que se paga por esse periodo sao 12.000.00. Por essa quantia alugo um Automovel do tipo economico aqui em Cambridge por UMA semana.
    50 dolares ou 40 Euros por dia nao eh um pouco puxado?
    E a caucao exigida tambem carece de revisao.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.