General amigo de Bashar al-Assad terá desertado

6/07/2012 01:36 - Modificado em 6/07/2012 01:36
| Comentários fechados em General amigo de Bashar al-Assad terá desertado

Manaf Tlass, um brigadeiro que pertencia à elite do Exército sírio, a Guarda Republicana, e que é filho de um antigo ministro da Defesa, terá desertado para a Turquia.

 

A notícia não foi confirmada pelo Governo de Damasco, mas era dada como certa na blogosfera, nomeadamente no Syria Comment do habitualmente bem informado analista e académico Jonathan Landis. A confirmar-se, esta deserção constitui um golpe duro para Bashar al-Assad — Manaf Tlass era um amigo e confidente do chefe de Estado sírio. Era presença habitual no pequeno grupo de próximos do Presidente (o shille), em que se incluem figuras de peso no regime, como os primos de Assad Rami e Hafiz Makhlouf, Mudar al-Assad (filho do irmão Riffat), Nader Qala’i (empresário) e Yazan Aslan (filho do chefe de gabinete, Ali Aslan).

A família Tlass é, há muitas décadas — desde o tempo de Hazef Assad, pai do actual Presidente —, uma das mais bem colocadas famílias sunitas na sociedade síria. Os sunitas constituem a maioria da população, mas a elite governante e empresarial é alauita (um ramo xiita). Mustapha Tlass, o ex-ministro, viajou este ano (em Março) para Paris e, na altura, falou-se de deserção. Porém, a própria oposição esclareceu que se tratava de uma viagem que demoraria algum tempo mas que fora autorizada pelas autoridades. O seu filho empresário, Firas Tlass, partiu com ele. Firas aproximou-se da oposição no início da revolta, há um ano e meio. Não foi divulgado se Mustapha e Firas estão na Síria.

 

O blogue de Landis diz que Manaf Tlass foi mandatado para contactar a oposição, mas repreendido pela forma como o fez e que não agradou aos governantes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.