Jimmy Savile terá mantido relações sexuais com cadáveres

27/06/2014 09:19 - Modificado em 27/06/2014 09:19
| Comentários fechados em Jimmy Savile terá mantido relações sexuais com cadáveres

jimmy savileFalecido apresentador de TV, que aproveitou a fama e o trabalho de caridade para abusar sexualmente de centenas de vítimas, também terá praticado necrofilia.

Jimmy Savile, o falecido apresentador da BBC que foi um dos criminosos sexuais mais prolíficos da Grã-Bretanha, pode ter abusado sexualmente de cadáveres num hospital onde trabalhava como voluntário, afirmaram esta quinta-feira investigadores britânicos. Em 2012 a polícia afirmou que Savile, uma das mais conhecidas celebridades do Reino Unido nas décadas de 1970 e 1980, abusou sexualmente de centenas de vítimas, principalmente jovens, em hospitais e nas instalações da BBC ao longo de seis décadas, até sua morte aos 84 anos em 2011. Os relatórios policiais, que abrangem 28 hospitais onde ele trabalhou, mostraram que Savile se aproveitou da fama e do trabalho de caridade para obter acesso não supervisionado aos pacientes e abusar sexualmente de meninos, meninas, homens e mulheres com idades entre os cinco e os 75 anos, em enfermarias, corredores e escritórios.

Foi agora relatado que Savile, que falara publicamente do seu fascínio por mortos, terá mantido relações sexuais com corpos na casa mortuária de Leeds General Infirmary, no norte da Inglaterra. “As alegações sobre o seu comportamento na morgue são extremamente angustiantes e perturbadoras.

Como porteiro voluntário, ele terá transportado corpos na morgue. O que sabemos é que o seu interesse pelos mortos era muito insalubre e que os controles de acesso à morgue, até o início de 1980, não eram robustos”, disse Sue Proctor, que liderou a investigação na cidade de Leeds.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.