Boavista: CD para homenagear Maria Bárbara

27/06/2014 07:50 - Modificado em 27/06/2014 07:50

CDNa ilha da Boavista já se está sentir a movimentação das festas de Santa Isabel devido a uma extensa programação que tem posto em andamento uma série de actividades com destaque hoje 26, às 17h00, para um debate sobre a morna, mediado pela jornalista Gláucia Nogueira, membro do Comité de Elevação da Morna a Património Imaterial da Humanidade.

 

O encontro é aguardado com muita expectativa, numa altura em que está a ser ultimado um trabalho em CD, numa perspectiva de recuperação da memória musical da Boavista.

O trabalho intitulado “Areias mornas de bubista” tem o apoio da Câmara Municipal e compila uma série de músicas interpretadas por uma filha da Terra, Celina Pereira. A obra também serve de homenagem à grande cantora de mornas da ilha das dunas, Maria Bárbara.

O NN recorda que em Outubro de 2008, num encontro de gentes da Boa Vista em que esteve presente Clarisse, filha de Maria Bárbara – a autora da célebre morna do mesmo nome imortalizada por diversos cantores, entre os quais Bana -, Celina Pereira havia proposto que se fizesse uma homenagem pública àquela mulher que trouxe à cultura cabo-verdiana uma das mais belas mornas de sempre.

  1. Clara Medina

    Durante décadas de ausência de Cabo Verde ouvi lá fora dizer que a celebre morna Maria Bárbara tinha sido proibida de ser cantada quando os homens das matas da Guiné chegaram em Cabo Verde por conter uma mensagem colonialista.
    Achei sempre tal estranho pois só uma mente doentia podia conceber tal ideia o que na altura nao era de admirar. Mas como tambem na altura e posteriormente aconteceram tantas coisas absurdas que ultrapassam a imaginação de uma mente saudável é possivel que haja um fundo de verdade nesta afirmação.
    Contudo gostaria que este jornal online ou alguém com conhecimento sobre esta matéria confirmasse ou desmentisse tal informação. Alias a meu vêr Celina Pereira é uma uma das pessoas indicada e com responsabilidade moral para independentemente das suas convicoes polito-partidarias pronunciar sobre esta matéria.
    Desde já um muito obrigado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.