Melhorias na economia mundial ainda são frágeis, afirma FMI

5/04/2012 16:37 - Modificado em 5/04/2012 16:37
| Comentários fechados em Melhorias na economia mundial ainda são frágeis, afirma FMI

As recentes melhoras da economia mundial são “muito frágeis” e um aprofundamento da crise da Zona Euro continuam a ser uma preocupação imediata, disse hoje o director-geral adjunto do Fundo Monetário Internacional (FMI), Naoyuki Shinohara.

Nas últimas semanas, alguns indicadores têm mostrado sinais de ligeiras melhoras e maior estabilidade das economias europeias e dos EUA, ao contrário do que acontecia por esta altura no ano passado, lembrou Naoyuki Shinohara numa palestra realizada numa universidade de Banguecoque.

“As medidas levadas a cabo pelos Governos europeus ajudaram e o recente acordo para um novo empréstimo à Grécia também trouxe algum alívio”. No entanto, ressalvou o director do FMI, “não há espaço para complacência. É preciso fazer muito mais para dar um novo fôlego à economia”.

Segundo Shinohara, a dívida pública mantém-se elevada em muitos países, limitando os estímulos fiscais, assim como o desemprego. “Temos um caminho muito apertado até chegar à retoma da economia e o risco de derrapagem é muito elevado”, avisou, defendendo que as economias avançadas deverão “avançar com reformas estruturais para recuperar os danos causados pela crise”, enquanto as economias emergentes devem manter-se alerta para possíveis derrapagens”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.