Utentes reclamam de más condições

20/06/2014 07:49 - Modificado em 20/06/2014 07:49
| Comentários fechados em Utentes reclamam de más condições

cyber-cafeOs utilizadores dos Cybers mostram-se insatisfeitos com os serviços prestados por determinados Cybers.

 

Caia que saía indignada do Cyber perto da Loja da Sita, ao lado do Restaurante Chez Lutcha, diz que precisava descarregar um documento que lhe fora enviado por email e depois de ter gasto praticamente os minutos comprados, teve de experimentar quatro computadores porque nenhum desses aceitava uma pen drive.

“É inaceitável esta situação. Certamente quem se dirige ao Cyber não irá adivinhar que o computador precisa de manutenção ou que não é possível utilizar um dispositivo. Perdi quase trinta minutos para tentar concretizar aquilo que me fez procurar o cyber”. Indignada, a mesma considera “péssimos os serviços prestados pelo Cyber Café Pró”

Cláudia precisava guardar numa pen um documento que foi pesquisar e, no momento de guardar, surpreendeu-se com o computador porque não disponibilizava esse serviço. Teve de pedir ajuda ao funcionário que lhe disse que teria de informar que iria utilizar o dispositivo. Os proprietários são obrigados a disponibilizar todas as condições do computador porque o serviço não é de graça. “Um Cyber com cerca de seis computadores onde apenas um é que presta”. A mesma adianta que não foi obrigada a pagar mais pelo serviço porque não deixou passar e reclamou do mau serviço prestado e disse que não iria pagar nenhuma quantia a mais do que o solicitado.

 

Cyber Mega Phone, Monte Sossego

Luís Baptista diz ter chegado ao Cyber e teve de esperar alguns minutos para aceder à internet e que, sem abrir o documento, já contabilizava quase 2 escudos. “Para abrir um documento que às vezes nem abre por causa da lentidão, estratégia utilizada para que os clientes paguem mais e, muitas vezes perdemos tempo, pagamos por um serviço que não usufruímos. O mesmo afirma que “neste mundo ninguém quer perder tempo nem dinheiro”.

Aline afirma que não costuma usar com frequência os serviços dos Cybers porque conhece as dificuldades dos mesmos. “Prefiro economizar e comprar um dispositivo de internet móvel. Enquanto em determinados Cybers o serviço corre na normalidade, outros praticam preços muito diferentes, prestam serviços muito lentos, os computadores não funcionam bem, só servem para extorquir dinheiro aos clientes”.

O NN contactou o Cyber Mega Phone e ficou a saber que por coincidência os Cybers em causa pertencem ao mesmo proprietário. Marco, funcionário do Cyber Mega Phone em Monte Sossego diz que houve algumas reclamações mas vindo de uma minoria e que os computadores passam por manutenção frequentemente. O mesmo confessa que a internet algumas vezes pode estar lenta por causa da sobrecarga da CVMovél.

“Alguns clientes só reclamam da lentidão da internet depois de terem esgotado alguns megas. Quando isso acontece, resolvemos o problema trocando de computador”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.