VBG

17/06/2014 00:09 - Modificado em 17/06/2014 00:13

martelo-juizUma mulher levou o ex-companheiro ao tribunal acusando-o da prática do crime de VBG. È que o arguido partiu-lhe coisas no seu bar e fez ameaças de morte. A leitura da sentença foi marcada para o dia 26.

Nesta segunda-feira, uma mulher acusou o seu ex-companheiro de Violência Baseada no Género (VBG). É que depois de um mês e meio de namoro, o casal desentendeu-se e como a vítima devia cerca de 20 mil escudos ao arguido, este quis recuperar logo o dinheiro. Como a vítima não estava a pagar os 20 mil escudos, o arguido resolveu ir ao bar e conversar com a vítima afim de receber o dinheiro. Com o desentendimento, a vítima bateu com a porta na cara do arguido, pelo que este “perdeu a cabeça” e quebrou garrafas de aguardente e outras coisas no bar da vítima.

Apesar de não a ter agredido fisicamente, o arguido ameaçou-a de morte e de incendiar o bar.

O juiz do 1º Juízo Crime vai ler a sentença no dia 26 de Junho.

  1. BigJohn

    Não consta deste artigo ou notícia o local do acontecido. Advinhar é um excelente exercício intelectual. Podemos imaginar todos os paises excepto Cabo Verde. Estou certo ou errado. ?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.