O salário das cozinheiras foi aumentado, mas soube a pouco

12/06/2014 08:04 - Modificado em 12/06/2014 08:04

CozinheiraDepois de vários anos de trabalho saboreando o pão que o diabo amassou, as cozinheiras das cantinas escolares foram contempladas com um aumento de 2.239 escudos, recebendo um total de 8250 escudos. Contudo, as mesmas agradecem mas não se sentem satisfeitas.

 

Muito têm reclamado as cozinheiras das cantinas escolares do Mindelo. O aumento do salário, o direito à abrangência ao salário mínimo e outras regalias como funcionários, melhores condições de trabalho, protecção social, regalias ou pensão de reforma, são algumas das preocupações que deixam as cozinheiras indignadas.

.

Maria das Dores, escola de Lombo Tanque, 26 anos de trabalho, afirma que tem despesas tal como qualquer outro funcionário, filhos menores para sustentar e educar, “no mínimo poderiam ajustar ao salário mínimo para que também nós pudéssemos descontar para a segurança social porque os riscos são muitos e, assim, quando chegarmos à idade da reforma poderemos desfrutar de regalias tal como os outros funcionários”.

Maria Virgínia cozinheira da Escola Semião Lopes, Bela Vistaadianta que“Nós agradecemos muito mas não estamos satisfeitas. Somos todas mães chefes de família, com responsabilidades. Espero que quem de direito se possa sensibilizar ainda mais e resolver de uma vez por todas a situação dessas mães que todos os dias saem das suas casas deixando os filhos para irem trabalhar como qualquer outro funcionário, independentemente das suas funções. O único objectivo é sustentar a família”,

 

Cecília Pires, sua colega, partilha da mesma opinião e acrescenta que já se vê alguma mudança com o aumento de 6.011 escudos para 8250 escudos, que as deixaram surpresas, porque nunca sabem a quem se devem dirigir para apresentarem as suas preocupações. Com dois mil escudos de aumento já consigo comprar uma garrafa de gás”.

 

 

Estas são as situações vivenciadas por todas as cozinheiras das cantinas escolares no Mindelo há vários anos. Neste momento, todas elas reivindicam o direito à abrangência à segurança social, INPS e, para que isso aconteça, deve haver ajustamento dos salários.

 

  1. Jornalismo serio

    Quantas horas trabalham as cozinheiras por semana? é que sem essa informação fica difícil compreender a noticia

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.