Familiares do homem que morreu ao saltar de uma janela vão processar o HBS

10/06/2014 07:39 - Modificado em 10/06/2014 07:39

Eduardo DuiOs familiares de Eduardo Teixeira Rodrigues, Dui, residente na zona de Lombo Tanque, que pulou do piso da cirurgia na passada quarta-feira e que acabou por falecer no domingo, acusam o Hospital Baptista de Sousa de ter abandonado o paciente e prometem avançar com um processo crime.

 

Eduardo, mais conhecido por Dui, de 50 anos de idade, deixou cinco filhos e era condutor na Enacol, onde trabalhava há vinte e quatro anos. Encontrava-se internado nos serviços de Cirurgia devido a problemas de alcoolismo que lhe causavam alucinações.

A esposa Ângela afirma que o abandonaram “nos corredores da cirurgia, por isso, o Hospital é culpado pela situação porque quando o paciente se mostrava perturbado e tinha tentado sair várias vezes, a obrigação do Hospital era fazer todas as diligências para garantir a segurança do mesmo. Podiam ter colocado de novo a sonda e a algália e tê-lo amarrado para a sua segurança”.

Ângela diz que na manhã do dia em que pulou da janela, Eduardo tinha retirado a sonda que lhe fora colocada no nariz, a algália e tudo o que os médicos lhe tinham colocado e que, no momento em que resolveu saltar a janela, foi impedido por uma enfermeira que o agarrou pelos pés mas que não conseguiu evitar a situação. Segundo os familiares, o choque foi tão grande que Eduardo sofreu oito fracturas no crânio e ficou com a cabeça totalmente esmagada. Nesse dia em que o marido saltou da janela do hospital, parecia melhor. Mas tentou várias vezes sair pela porta com todos os pertences alegando que já lhe tinha concedida alta médica, mas foi impedido por funcionários do HBS. Os familiares dizem que antes desse dia Eduardo estava ligado a sondas, algaliado e amarrado à cama pois ele estava muito perturbado.

Ângela afirmar que “o acidente que aconteceu com o meu marido vai se repetir caso não houver maior segurança no Hospital Baptista de Sousa. Por esse motivo vamos processar judicialmente o Hospital Baptista de Sousa.”

 

  1. soncente

    o que processar o que e quem, os familiares devem estar a gozar com o povo nem, porque a sra sua esposa não cuidou dele antes de chegar a esse ponto, depois ela mesma diz que ele tinha udo isso com ele, sonda algaria etc. agora quer acusar o HBS, aja saco. que descansa em paz

  2. no ta diduf

    concordo plenamente com os familiares já estou farto dessas falta de respeito,profissionalismo e dedicação pelos doentes qe na falta de mais opções tem qe obrigatoriamente ir parar neste completo matadouro.Este pseudo hospital tem de começar a responsabilizar quem comete esses atos de negligencia seja ele diretor,medico enfermeiro ou servente, antes qe alguém revoltado com essa situação queira fazer justiça pelas pro pias mãos.

  3. Clave de Sol

    Os familiares tem toda razão, HBS deveria ter segurança para qualquer paciente, porque todos nós sabemos quais são as reações dessas pessoas que infelizmente são alcoólatras, aqui em Cabo Verde é sempre assim esperem que o mal acontece, depois tomem as devidas medidas, imaginem um ser humano vai a procura de saúde e depois acaba por morrer, por causa das negligencias dos profissionais nessa área, depois o sofrimento é para os familiares em fim penso que a lei deveria ser mais severa !!!

  4. Justice

    Soncente, não percebeste patavina do que o texto da notícia diz. Os familiares devem sim processar o hospital. Parece que tu também és daquelas pessoas que hoje em Cabo Verde fazem da negligência a sua arma de trabalho.

  5. Fitch d´soncente

    Mais uma vitima do alcoolismo.É triste mesmo pela tanta destruição que o álcool esta a causar a sociedade e ainda continuam a incentivar o consumo de álcool com publicidades,festivais festas romarias tudo isso só a um caminho a destruição de famílias .

  6. Biatriz

    Se tud gente é k sofre negligencia de hospital tava resolve processas e procura responsabilidades ,se kes profissionais de hospital tava trabalha com humildade e profissionalismo em vez de estot tá mete gente mon na bolso, coisa tava diferente. Diploma é ne tudo, é só um papel, agora aplica o k bo prende, associod que bo mundo real e de forma racional e educada, é n p tud gente. Maioria de pessoal na ess hospital é tud maus profissionais, começod na escala mais baixo pá mas alto.

  7. tereza

    sim mas familiares tb tem k lembra se cima noticia te dze el tva perturbode! entom pa mas kis tenta contel el é ne unico doente internode, e ne serviço d cirugia tem pok enfeimeiro ta numero d doente que lá tem entom tambem sel cria mata algum profissional es tinha que txale ? gent d saude cata pode faze tud ES TEM QUE TER SIS SEGURANÇA TB ES É NE POLICIA OKKKK, se amdjer tinha dzid ne cirurgia kel tinha tentode mata cabeça gora ela cre ranja dinhere ne custa d hospital? TA DOIDAAAAAAAAAAAA É

  8. tereza

    bosse divia cuida del antes d cosa txega ne ponto kel txega nao bem cre culpabiliza ng okkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. Julio Goto

    …isso nao e a primeira vez e nem a segunda. O meu falecido irmao FOLHA quando encontrava internado com os mesmos probelema saltou uma janela ,fracturou uma perna e mais.Nao morreu mas nunca teve uma recuperacao 100 %.

  10. il

    Vocês estão mais é a gozar… se tivessem amarrado o homem a uma cama era falta de respeito, agora, como ele pulou a janela, para fazer o que, ninguém sabe os familiares, cujo o dever era de cuidar dele, para não passar por internamento vão processar o HBS? Troça nem. O estado devia era penalizar as famílias que deixam os seus membros cair no alcoolismo e no abandono. Caros familiares, com todo o respeito, deixem de troça e fazer o tribunal perder o seu tempo, porque isto é mera leviandade.

  11. António Dias

    Concordo com esse familiar. A minha mãe já encontrou um doente mental sozinho ao lado do meu pai quando este se encontrava internado, tendo comido e bebido todos os lanches que lhe foram levado. Segundo ela o meu pai nem deu por este sr. Se nós não podemos a toda hora entrar para visitar os nossos familiares como é que um doente mental pode estar a vontade sem que nenhum segurança der por isto. E os ataques que sofreu pela madrugada sem que os enfermeiros derem por isto?

  12. Djê Guebara

    Que os familiares deixa da ignorancia de demandar ao Hospital e que eles condena o difundo pela sua mà accion de ser um alcolico impulsivo e que façam campanhas de apoio de consciência para que otros não caem no abismo do alcolismo.Que demanda os familiares de Kakoi e de Liz Cabel que patricinou o grogue com a canção(Flod q ma dia15 Grogue tita bem kaba).Pura luviandade tempo perdido.

  13. soncente idiota

    oh idiota bu ka sabi de responsabilidade de hospital cu ses duente, nka ta desejou mal e parcem ma nem bu ka sta bem odja nha msg ma bo é um idiota e ne praga nka sta pidiu pa ka cai na u familia

  14. Familiar

    Sr ou Sra Soncente n sei como é q chegou a estas conclusões em primeiro lugar n se deve falar do que n se sabe afirmar que “sra sua esposa” n cuidou dele para sua informação se estava no Hospital contra a sua vontade é pq a família assim o decidiu na tentativa de ajuda-lo mas é mais difícil ajudar alguém q se recusa a ser ajudado mesmo assim internaram-no pq ninguém quer ver os seus próximos nestas condições! Processar o HBS sim Trata-se de negligencia deixar alguém com alucinações passeando…

  15. roxana aguilera

    Esta claro ,el HBS tiene responsabilidad, e TIENE Q INDEMNIZAR a la familia , ningum TABU em falar de INDEMNIZACION e’ lo q toca por lei . e’ o primer paso a resolver RAPIDO ,, Agora saber en quienes recaera a culpa ,,eso e’ facil sera del personal mais fraco e desprotegido : o jardinero q corto os galhos !!!!!!!!!!!!!!!!!
    Mis CONDOLENCIAS a la familia . TODO EL Q TENHA FAMILIAR ALCOLATRA TE ENTENDERA asi q AVANÇA . . SEM vergonha ninguna pide INDEMNIZACION ,SIM!

  16. ki ki bu

    Es femília so pode estod koi n melon. Es kriz despi ses pai el kaba por kei n abismo okie kes kre mas! poxa so pode ser gozo. No meste duns malondre li na copa puns pegada na sok. Será k alguém t kandidatá? Sinceramente bzot ba bate na porta d otallhes cara podres! Fui

  17. Delgado

    Que texto contraditório!

  18. roxana aguilera

    duplicado de comentario q hoi nao aparece: Para a Familia del falhecido,
    Va sim a pedir INDEMNIZACION , sim NUNGUN TUBU ,ni VERGONHA. ,em principio el HBS te va a indemnizar , luego les toca a eles apurar responsabilidad. Todo el q tem alcolatra em a famila vai a entender a situaçao .
    mias condolencias

  19. il

    hahaha, un faze um komentario, mas responsaveis de jornal tral, porke sera??? onde liberdade de expressão? min k faze nenhum komentario pajorativo e nem un usa termos obscenos. etc, etc, porke bzot tra nha komentario?? é porke un dze ke governo devia puni familiares ek t txa ces membros kai na bebedeira e komete atos do tipo e/ou outros bem agravados, moda ek t kontce tud dia?? bzot po nha komenterio d volta, ok. liberdade de expressão.

  20. val

    o alcoolismo é uma doença que afeta actualmente todos os caboverdianos . veja porque se tu não bebes tens um irmão ou o pai etc. mas a culpa são dos governos que permitam que qualquer um faz veneno chamado de grogue para vender por 5 escudos e 10 escudos para matar os caboverdianos. não brinquem com doenças de alucinaçoes e depressões são talves as piores doenças que existem a pessoas desespera o único caminho para que ele se libertar é provocar a morte se não for bem medicado. meus pesamos aos familiares.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.