Da riqueza de Ronaldo à modéstia de Jerry

9/06/2014 10:03 - Modificado em 9/06/2014 10:03
| Comentários fechados em Da riqueza de Ronaldo à modéstia de Jerry

mundialRevista escolheu o jogador que mais se destaca em cada país e divulgou os rendimentos anuais.

 

Tem casas avaliadas em milhões de euros, potentes carros – entre os quais um Bugati Veyron, o mais rápido do Mundo –, usa brincos de diamantes, namora uma das mais conhecidas top models, dá nome a linhas de roupa e tem um dos nomes mais famosos mundialmente. Cristiano Ronaldo, por ano, segundo a revista ‘Forbes México’, ganha 39,5 milhões de euros: 17 milhões de salário e 22,5 de receitas com publicidade.

Nas contas, é apenas superado pelo rival de sempre, Messi. O argentino embolsa anualmente 41 milhões, 28,5 dos quais em publicidade e 12,5 no Barcelona. No lugar mais baixo do pódio está Neymar, com ganhos totais a rondar 28,8 milhões.

Mas nem todos têm os seus nomes diariamente nos jornais ou são reconhecidos nos quatro cantos do Mundo. É o caso do hondurenho Jerry Bengston, que, por ano, deposita na sua conta bancária ‘apenas’ 101 mil euros de salário – 8400 euros/mês. Não tem qualquer patrocinador. É a última das estrelas das 32 seleções na prova no que aos rendimentos diz respeito. Atualmente, Bengston representa o clube New England Revolution, do campeonato norte-americano. Apesar das ‘modestas’ condições de vida em relação às grandes estrelas, o avançado é uma das grandes esperanças das Honduras neste Mundial.

Destaque ainda para a presença na lista do colombiano Falcão (5º, com 21,1 milhões), ausente do Mundial.

 

 

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.