“Fita cor-de-rosa” de Odair Varela

4/06/2014 07:52 - Modificado em 4/06/2014 07:57
| Comentários fechados em “Fita cor-de-rosa” de Odair Varela

IMG_4039 (1)Odair Varela, contador de histórias, blogueiro e autor do livro “Fita cor-de-rosa” lançou o seu primeiro livro no Centro Cultural do Mindelo.

 

Depois de contar várias histórias e crónicas no próprio blogue, é a vez do lançamento do seu novo livro intitulado “Fita cor-de-rosa”. O lançamento do livro, aconteceu na passada terça feira, 03 de Junho, no Centro Cultural do Mindelo, mas o mesmo já se encontra esgotado.

Odair Varela diz que “Fita cor-de-rosa” é um livro infanto-juvenil que tem um final que não se enquadra no “e viveram felizes para sempre” dos contos da Disney. Segundo o autor, a história foi baseada na ilha de Santa, um espaço colonizado por gatos selvagens, e narra uma história de uma gata que dominava a ilha e que tentava apanhar uma pomba colorida mas que nunca conseguia alcançá-la.

O livro “Fita cor-de-rosa” participou num concurso lusófono internacional e foi distinguido com o prémio menção honrosa em Portugal onde participaram 252 contos de vários países. A convite do Ministério da Cultura através do Ministério da Juventude, foi chamado a representar Cabo Verde na vertente jovens criadores da CPLP, no Brasil.

 

IMG_4042Para o autor do livro “Fita cor-de-rosa” apesar dos muitos elogios e incentivos e do reconhecimento internacional, foi muito difícil realizar o sonho da edição do livro tendo em conta as várias dificuldades encontradas em termos de financiamento. “As editoras não apostaram no projecto também porque a ilustração é muito dispendiosa e, a venda não compensa, motivo por que o livro não possui nenhuma editora”. O autor diz que conseguiu realizar o seu livro em formato físico sozinho e com bastante esforço e força de vontade.

Questionado sobre as dificuldades encontradas para a edição do livro o mesmo avança que “o Estado não consegue apoiar o autor no início, pois quando se consegue fazer chegar o livro a Cabo Verde, depois de fazer um investimento pessoal sem qualquer ajuda ou financiamento, não se deveriam aplicar elevadas taxas porque a intenção não é tornar-se rico, mas sim dar um contributo a nível bibliográfico e da cultura cabo-verdiana”.

Para os que não tiveram oportunidade de o comprar, poderão adquiri-lo na loja virtual Amazon.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.