Parlamento: MpD considera Cabo Verde vive o pior momento em matéria de segurança

27/05/2014 07:36 - Modificado em 27/05/2014 07:36

inseguranca-publicaCabo Verde vive o pior momento em matéria de segurança. Esta afirmação é de Filomena Gonçalves do MPD que foi a primeira a pronunciar-se durante o debate.

 

Filomena Gonçalves justifica essa sua afirmação com dados estatísticos e compara o País com outras realidades, nomeadamente, a de Países em guerra. Segundo a deputada do MPD, com 500 mil habitantes, Cabo Verde contabiliza 54 homicídios cada 100 mil. Este facto é mais agravante, acrescenta, com o aumento da pequena criminalidade que está a ganhar terreno, do crime contra o património e dos acidentes de viação que continuam a ceifar vidas.

António Monteiro da UCID, na sua intervenção, mostra que o Governo não vê ou vê mal a insegurança que se instaurou no País.

O primeiro-ministro José Maria Neves saiu em defesa dizendo que a segurança é um recurso estratégico para o País e para o Governo, que já fez investimentos a nível da legislação, dotou a Polícia de mais e melhores meios e que a prova disso é o combate ao narcotráfico, tendo-se registado uma redução do crime organizado em Cabo Verde.

Os debates parlamentares irão decorrer até à próxima sexta-feira.

 

  1. Geronimo

    Conversa para boi dormir… agora gostei da forma como a oposição deixou o governo sem jeito quando abordou a questão do novo estatuto para o pessoal docente

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.