Taxa de manutenção rodoviária: Como é que se diz em português? “Vai roubar para a estrada”?

23/05/2014 07:18 - Modificado em 23/05/2014 07:18

estrada calhauHá um provérbio português para quando alguém nos quer enganar e nos aconselha a dizer ao cujo dito “Vai roubar para a estrada”. E é isto o que os mindelenses sentem que o Governo lhes está a fazer em relação à taxa rodoviária. Uma taxa que os são-vicentinos engolem “na sem ramede”, perguntando: como é que se diz em português? “Vai roubar para a estrada”?

 

Valentim, condutor de táxi, diz que “o aumento de sete para nove escudos por litro de combustível pode parecer insignificante, mas irá fazer parte dos muitos outros prejuízos dos taxistas, pois não têm como compensar visto que as tarifas não aumentam”. E lá vai mais uma “monsada” ao bolso! Mas, tirando a mão do Governo dos bolsos dos motoristas, a maioria nem se importava de pagar a taxa desde que… as estradas tivessem manutenção. João Canifa, camionista, demonstra-se insatisfeito e adianta que “pagamos os impostos de circulação para efeito de manutenção das estradas, por isso, não deve haver qualquer aumento porque já pagamos os sete escudos que dizem serem canalizados para a manutenção das mesmas mas isso não justifica porque é que as estradas continuam nas mesmas condições em que se encontravam”.

Hércules Silva, condutor singular, afirma que “não sou contra o aumento desde que as receitas sejam canalizadas exactamente para os fundos de manutenção das estradas. Porque os condutores sofrem bastante devido às más condições das estradas. Mas não são”. Basta ver o estado em que estão as estradas cidade / Calhau / cidade / aeroporto/ cidade / Baía das Gatas. E são estradas nacionais novas pois, como se sabe, a única que foi construída é a da Baía das Gatas / Calhau. Mas as péssimas condições das estradas traduzem-se, na prática, em mais uma “monsada”, agora no bolso de trás, porque os da frente já estão vazios, pois significam gastos mais frequentes na reparação dos carros. Hércules diz: “o meu carro é novo, mas já fiz diversas reparações causadas pelas péssimas condições das estradas de São Vicente”.

 

  1. joão fortes

    Fazem um reportagem para sabermos quanto dinheiro o governo da praia já arrecadou em S.Vicente e nas outras ilhas do imposto de manutenção rodoviária. Estamos fartos de ser roubados pelo governo. Meu querido povo das ilhas precisamos de um poema diferente para o povo das ilhas. Devemos desmascarar os pilantras. Mas o nosso querido povo não ajuda muito. Gostam de condenar os justos e facilitar os corruptos.
    Mas um dia teremos justiça nessa nossa querida terra.

  2. djibla

    Há que ver com urgência a estrada Cidade x Baia especialmente na subida do Pé de Verde com altos e baixos com uma flecha de uns 15 centímetros. Quando o meu carro bate penso logo na ” taxa do combustível “. Também há que ver onde pára a ” taxa de pernoita ou de Turismo “. A chamada PRAIA DA BAIA DAS GATAS está mesmo uma lixeira, como disse o australiano, e o pior é que não se sabe quem é o “dono” dessas zonas balneares tão apetecíveis e tão abandonadas. Não devemos continuar a tentar…

  3. djibla

    ….enganar o turista, muito menos o nacional que paga para ver sua terra melhor e poder usufruir do esforço geral com boas estradas, electricidade, segurança , etc etc.
    Nunca fiz as contas mas deve haver muito dinheiro a apodrecer algures em vez de estar a ser aplicado para aquilo a que foi destinado, na melhoria das estradas, praias, etc……a menos que esse dinheiro esteja a ser usado nas autoestradas da ilha do Maio minha terra natal.

  4. António Alves

    Este artigo esta muito mal redigido, em primeiro lugar vocês deveriam fazer uma pesquisa de quantos litros de combustíveis são vendidos pelas duas petrolíferas em São Vicente anualmente, e saber quantos contos o governo investe nas estradas em São Vicente. Todos sabemos os governos cá em Cabo Verde tem uma politica de ” eu fiz, eu inaugurei”, nunca recuperam nada.

  5. C.Pulu

    Ainda estamos a espera da asfaltagem cidade Baía e cidade Calhau como prometeu o senhor Ze Maria.
    É preciso ter muita coragem para aturar tanta mentira.

  6. mindelense

    estes nove escudos é o maior roubo de todos tempos em cabo verde. pagamos um serviço que não existe aqui em s.vicente. essas estradas aqui em s.vicente já tem cerca de trinta anos e nunca o governo fez uma intervenção de fundo nelas a não ser um pequeno reparo na estrada do aeroporto.como motorista penso que o governo não tem nenhum interesse em fazer manutenção porque,recebe os nove escudos, cobre as taxas alfandegarias das peças importadas, cobre o iva nas lojas,é tanto dinheiro que entra.

  7. Idiots

    Votaram neles e agora vem reclamar? o certo era ninguem votar, mas como na altura da campanha a festa é outra..

  8. Djê Guebara

    Joäo Fortes por causualidade tu tens o mesmo nome do meu irmão. Pois lembra-se bem deste proverbio.(Entre um governo que faz mal, e um povo que o aceita existe uma certa cumplicidade vergonhosa.)

  9. C. Pulu

    Escrevi ontem um comentário e nao saíu. Pq?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.