Escola Semião Lopes: Ruptura de alimentos na cantina escolar deixa alunos sem refeição quente

20/05/2014 07:33 - Modificado em 20/05/2014 07:33
| Comentários fechados em Escola Semião Lopes: Ruptura de alimentos na cantina escolar deixa alunos sem refeição quente

refeiçaoDurante três dias, os alunos da Escola Semião Lopes, Belavista, São Vicente, não receberam refeição quente devido à ruptura de alimentos na cantina escolar, na sequência do atraso na chegada dos fornecimentos.

 

O director da Escola adianta que o stock fornecido deve ser gerido no período de dois meses. Pontualmente, houve realmente a situação em que o stock terminou e a chegada do novo fornecimento demorou alguns dias.

O mesmo garante que durante os três dias em que os alunos não receberam a refeição quente continuaram, como habitualmente, a receber leite antes do início das aulas.

António Silva diz que a sua preocupação é fazer com que todos os alunos recebam a refeição, porque conhece a situação de diferentes alunos que, muitas vezes, contam apenas com a refeição que recebem na escola, e que muitos pais não têm possibilidades de garantir um copo de leite diariamente ao seus filhos. Logo, garante que o leite é servido religiosamente todos os dias antes do início das aulas.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.