Autárquicas em São Vicente: 30% de pessoas votaram na Cidade e zona norte no período de manhã

1/07/2012 16:43 - Modificado em 1/07/2012 16:43

O NN constatou uma fraca afluência de pessoas as urnas no centro da cidade e na zona norte no período das 8 horas às 14 horas. Nessas assembleias de voto reinava a tranquilidade, mas o número de votantes, não ultrapassava os 30%. Por outro lado notou-se as habituais bocas de urnas que eram realizadas de forma sigilosa, devido a presença de agentes da Polícia Nacional.

 

As assembleias de voto nas zonas de Ribeira Bote, Fonte Felipe, centro da cidade, Madeiralzinho e Chã D´ Alecrim registaram uma fraca afluência de pessoas as urnas, no período de manhã. No interior das assembleias, as mesas estavam devidamente compostas, mas notava-se um número minoritário de cidadãos nas filas, a espera da sua oportunidade para escolher o próximo presidente da CMSV e da Assembleia Municipal.

O NN constatou que o número de pessoas por fila não excedia os vinte e de entre as assembleias mencionadas, as do centro da cidade e de Madeiralzinho é que registavam maior número de votantes, apesar de estarem a faltar pessoas por votar.

 

Análise

Em conversa com os presidentes dessas assembleias de voto este afirmaram o processo está a decorrer na normalidade e que o número de votantes estava a quem das expectativas, visto haver uma afluência as urnas a rondar os 30%.

Dos depoimentos recolhidos junto dos votantes, a opinião geral é que o escrutínio deste domingo decorria na tranquilidade. Em relação a afluência, alguns prevêem que, na parte da tarde, as pessoas acorram em maior número às urnas.

Quanto a boca de urnas constatou-se que eram realizadas de forma dissimulada e sigilosa, uma vez que havia presença da Polícia Nacional. No exterior havia membros e pessoas afectas as candidaturas a incitar os cidadãos para votarem nos seus candidatos. Por outro lado verificou-se que havia indivíduos das forças políticas com os cadernos eleitorais imprimidos que apoiavam as pessoas a encontrar a sua mesa de voto e em troca pediam que votassem no seu partido.

  1. Fernando Delgado

    O que é que esperavam?Que o povo de S.Vicente fosse votar?Como?Vocês não viram que eram os 4 primeiros em cada uma das listas?Com raras excepções, eram nem mais nem menos clientes habituais dos seus partidos.Gente sem provas dadas, que não são conhecidos nesta ilha por causas públicas.A Filomena por exemplo terá que provar mais no parlamento, o seu trabalho a causa Sanvicentina, da região norte e de Cabo Verde.O Monteiro é um trapalhão, não tenham dúvidas.Um homem de fraca cultura politica e …

  2. Fernando Delgado

    (Continuando).. que está a procura de poder para compensação da sua frustração.Um homem como ele devia contentar com as oportunidades que já teve na vida(viva a 1ª República) e trabalhar para o bem comum.O Augusto, coitado,foi o que se viu,mal abre a boca.Não articula uma ideia.Os outros não merecem um comentário.Não tenho duvidadas que a abstenção estará acima dos 50%.Quanto ao Jorge Santos, fica um recado.Tenha vergonha homem.Você é vice-presidente de um partido de âmbito nacional.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.