Bia: cria três filhos invisuais, mesmo desempregada não desiste

16/05/2014 07:35 - Modificado em 9/09/2014 11:05

COOKIE2Bia criou seis filhos, entre eles três que são invisuais . Ficou desempregada aos 57 anos . Mas não abaixou os braços para a vida maltratar. Segue lutando , porque acredita que dias melhores vão chegar.

 

Maria, mais conhecida por Bia, tem seis filhos entre os quais três são deficientes visuais com talentos para cantar, tocar teclado e violão.

D. Bia diz que os seus filhos são o orgulho dela. Atravessou diversas dificuldades, uma vida cheia de sacrifícios. Trabalhou durante 31 anos na antiga Casa do Leão que veio a encerrar há dois anos atrás. Desde então, D. Bia aguarda pela decisão do tribunal para resolver o assunto dos funcionários da Casa do Leão.

 

D. Bia mostra-se muito orgulhosa dos filhos e diz que em casa só há festas, juntam-se todos os filhos, uns a tocar, outros a cantar e a dançar e muitos amigos dos filhos. Nána é o mais conhecido por ser um jovem invisual com grande talento para cantar e tocar teclado. D. Bia orgulha-se dos filhos que tem e diz ter atravessado momentos difíceis, uma vida cheia de dificuldades.

 

D. Bia considera que “a vida tem sido sacrificada, mas a recompensa final é diferente de qualquer outra, ter filhos educados, inteligentes, talentosos e especiais”.

 

“Bia”, mulher de coragem, de luta e confiante, não se deixou ir abaixo por ter ficado sem emprego. Neste momento, trabalha como empregada de limpeza no período da manhã.

 

O seu sonho é um dia conseguir construir a própria casa. Há muitos anos que reside numa casa arrendada em Chã de Alecrim, mas diz que o proprietário tem vindo a pedir que entregue a casa para reconstrução. Diz que “é difícil juntar dinheiro para o pagamento da renda e que, brevemente, vai iniciar a escavação do terreno.

 

Com 59 anos, D. Bia mostra-se esperançosa e determinada. Afirma que “é o bom pensamento positivo que a faz viver dia após dia e acredita que um dia, juntamente com os filhos, triunfará na vida”.

Caixa Económica: 244 106 668 101

 

  1. Nita Dores

    sempre bo foi 1 mãe lutadora coragem e força

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.