Caixa Económica de Cabo Verde não comenta o facto

15/05/2014 07:56 - Modificado em 15/05/2014 09:26

desvio de dinheiroO gerente da Caixa Económica de Cabo Verde, em São Vicente não faz nenhum comentário sobre o desvio de 1700 contos feitos por um caixa numa “conta amiga” na agência do Monte Sossego.

 

Diz que quem deve dar informações sobre o caso é o conselho directivo da CECV na Praia. Como se fossem os membros do conselho directivo nos gabinetes em outra ilha que não fiscalizaram um funcionário que andou a mexer em contas de “amigos”. Ou que não foram os responsáveis locais que informaram os chefes na Praia sobre o sucedido.

Mas desculpar com os chefes na Praia é uma pratica cómoda e comum de muitos chefes em São Vicente na hora de assumir as responsabilidades. Mas o silêncio confirma os factos.

 

  1. Jandira Lopes

    Tudo isto é apenas a ponta do icebergue. Até agora a maior parte dos casos é camuflada pois trata-se de compadres/comadres, familiares, amigos de peito, amantes, namorados, camaradas da mesma côr política, etc,etc,
    Entretanto os roubos, as falcatruas sao tao grandes e frequentes que é impossível camufla-las todas. E cada um com a “mão na massa” sente-se no direito de se arrumar antes que seja tarde.
    Vejamos como é possivel, falando em especial de S.Vicente, cuja sociedade bem conheço, que qualquer empregado de balcão dum banco ou duma casa comercial, qualquer escrivaozinho, qualquer chefinho duma ou outra repartição, qualquer policia ou enfermeiro, consiga ter uma vida de luxo como muitos têm. Esses salários nao sao tao grandes a tal ponto de cobrirem tanto luxo e o pior ainda pornograficamente exibido.
    Casas luxuosas, carrões, ferias no estrangeiro, filhos nas universidades dentro e fora do País, presentes em todas as festas, etc,etc, Toda essa ostentacao de riqueza tem um preço que os salarios nao podem cobrir.
    A crise já bateu a porta, a vida está cada vez mais cara, portanto se nao fôr a bem irá a mal.
    Nao só a crise financeira bateu à porta mas tambem uma crise de valores morais e éticos.
    Antigamente um desfalco era uma vergonha, um escândalo para a família, motivo até para um suicídio. Hoje nao. Até parece que a sociedade passou a considerá-los/las como heróis pois conseguiram a sua finalidade o que muitos nao conseguiram independentemente dos meios utilizados.

  2. joão fortes

    TODOS NÓS SABEMOS O QUE SE PASSA EM CABO VERDE. TODOS QUEREM VIVER COMO RICOS. MAS NINGUÉM FAZNADA PARA PARAR ESSA VIDA. NA PRAIA NEM SE FALA. PESSOAS COM TRÊS OU QUATRO TRABALHOS, DEPUTADOS CHEIOS DELAS. NINGUEM HERDOU E TODOS ESTÃO RICOS.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.