Negócio da Saúde: utentes reclamam dos preços praticados pela clínicas

13/05/2014 07:17 - Modificado em 13/05/2014 07:17

url (1)Os mindelenses dizem que a saúde é uma forma de fazer negócio rápido, pois, por uma consulta particular, os pacientes pagam de 2000 a 2500$00. Muitos questionam o método utilizado. É que para qualquer curativo, injeção ou medicamento, os pacientes pagam mas, na opinião deles, deveria ser gratuito, ou seja, o valor da consulta deveria incluir logo esses serviços.

 

Adelina Correia diz que as consultas privadas têm sido um negócio muito caro: “pagamos 2000 a 2500$ por uma consulta no privado e quando nos entregam os resultados, temos de pagar de novo”. Para ela, não se deveria pagar ou, pelo menos, pagar menos na entrega dos resultados. Acrescenta ainda que “se nos derem alguma injeção ou comprimido, pedem logo o dinheiro por esses serviços”. Adelina diz que o dinheiro pago para a consulta deveria incluir esses serviços.

Natália Dias também questiona sobre o valor que tem de pagar por outros serviços. Ela afirma que “no Medicentro fui tirar um quisto na mão, onde o médico me curou logo”. Pensando que já estava tudo pago, dirigiu-se para a saída, mas foi chamada pela secretária que lhe disse que ainda não tinha pago o curativo. “Fiquei espantada, pensei que o curativo estivesse incluído. Tive de pagar quase 500$ por um simples curativo”. Para ela, os serviços de saúde privados estão com essa técnica, porque “sabem que quem tem possibilidade, prefere pagar uma consulta no privado, pois no Hospital espera-se muito tempo por uma consulta”.

Victor Semedo acredita que a saúde se tornou num negócio: “não há dúvidas que a saúde é um negócio em São Vicente. Quem tem dinheiro vai para as clínicas privadas e quem não tem fica horas à espera para ser atendido no Banco de Urgências”. Victor diz que esse negócio é rentável porque todos queremos um bom tratamento. Para ele, cada vez que um paciente fizer uma consulta no privado e paga cerca de 2500$ para a consulta e depois ao retirar as análises ou outro exame qualquer, deve pagar mais 2500$, a receita é muito boa para os médicos e para as clínicas.

Carlos Rodrigues, administrador do MEDICENTRO, diz que são dois serviços distintos: “a consulta é assegurada por um médico e o serviço de enfermagem é assegurado por um enfermeiro”.

De acordo com Carlos Rodrigues, o médico recebe a maior parte do valor da consulta paga. “O dinheiro que os pacientes pagam vai quase todo para as mãos dos médicos”. Ele acredita que é justo porque é o conhecimento e a capacidade intelectual que estão em causa. A clínica fica com uma pequena parte para garantir as despesas, “asseguramos somente a parte logística”.

Rodrigues sustenta que o serviço de enfermagem é outro serviço que tem outros custos. Ele esclarece que “uma coisa é estar a pagar a consulta e outra é estar a pagar o serviço de enfermagem”.

Júlio Wahnon, director da URGIMED, afirma que os serviços são diferentes e que o Estado não participa em nada: “cada um tem a sua mão-de-obra diferente, é privado, temos pessoas a trabalhar que temos de pagar”. O director da URGIMED afirma que tem o melhor preço do mercado e as pessoas não podem questionar em termos de pagamento e de mão-de-obra do privado.

Na URGIMED, também os sócios não pagam nada na consulta de clínica geral, enquanto que os não sócios pagam 1500 escudos. Para as consultas de especialidade, os sócios pagam 1500 escudos e os não sócios pagam 2000 mil escudos.

Em todas as clínicas privadas os responsáveis adiantam que há custos com a higiene do espaço, a energia eléctrica, o salário dos funcionários, entre uma série de outros custos e os sócios pagam uma cota mensal de 1000 escudos.

 

 

  1. Contribuinte

    O sistema de saúde pública dá prejuízos financeiros ao estado, pois, quem mais beneficia é quem menos paga (impostos) ou simplismente não paga (desempregado). Ora, sem recursos financeiros não há investimento, e logo, não há qualidade no tratamento (exames complementares, etc). Comparativamente ao privado, ali só é atendido quem paga, o que viabiliza o negócio. É inconcebível que uma clínica privada tenha um equipamento de TAC e Ressonancia Magnética, e que num hopsital público não há nada. Isso só mostra que o sistema nacional de saúde sempre foi mal gerido.

  2. jose Pedro

    Medicentro e a pior desgraça que existe em sao vicente.Preços exagerado,mau atendimento as pessoas e mal trato ao proprio funcionario…tratamento que nem sempre da certo…conflitos internos de todo tamanho,,,enfim …tambem o caboverdiano parece que gosta de ser enganado…coisas e tantas coisas que dava para escrever um livro

  3. Adelina

    As pessoas reclamam do hospital e no final vao la resolver os seus problemas…hoje em dia vemos nos corredores do hospital muitas pessoas a procura e a espera de uma consulta…ha anos atras as pessoas iam mais ao privado,,hoje em dia as coisas mudaram muito e sempre vemos pessoas que podem pagar no privado,procurando o mesmo serviço no publico…porque???sem falar que muitos medicos estao no privado e nao estao inscritos na ordem dos medicos ,nao assinam os relatorios do RX,Ecografias.

  4. rua de lisboa

    Tambem posso dizer que ca em sao vicente tem uma certa clinica onde fazem ecografias ,rx e outras analises com resultados que nao correspondem a realidade,colocando o paciente e familiares em situaçoes de stress e panico,sem falar que nao respeitam o horario de tabalho estipulado nas finanças…

  5. toy

    grande lata 100. escudos de cota? poxa

  6. Bandeira

    realmente mim tb um ca ta concorda de paga valor igual na entrega de resultados, ess é negocio, ess historia de socio é ote altrabunisso ainda bsot ca esperta.

  7. ja que o admistrador diz que a maioria do dinheiro vai p os medicos por isso que tem uma pessima atendimento p das recepcionista prinipalmente de manha e mal tragadas p um clinica que tem dinheiro como medicentro kkkkkkk

  8. João

    O que esta pessoa esta a dizer é uma autentica leviandade, Medicentro é uma das melhores clinicas que existe no pais onde as pessoas são bem tratadas, onde o atendimento por parte dos recepcionistas é de excelencia, e por favor onde é que esta pessoa saiu com essa ideia de que no medientro os funcionarios estão mal trajadas. Eu penso que esta pessoa nem sabe onde fica situada a clinica medicentro.

  9. João

    Jose pedro foçe disse que Medicentro é a pior desgraça que ja aconteceu em SV? A primeira clinica a ter um maquina de RM em todo Cabo Verde, a praticar um preço de sencivelmente de 20.000 por exame, um concelho para voçe, informe andes de opinar sobre qualquer tema ok.

  10. bibia

    Joao..voce fala e esquece que medicentro nao è novidade para ninguem que na verdade nao passa de uma farsa de um falso padre….A.F .

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.