Proposta prevê prisão efectiva para roubo de energia

9/05/2014 01:29 - Modificado em 9/05/2014 01:29

roubo energiaFoi entregue hoje ao parlamento, uma proposta de lei para acabar de forma efectiva com roubo de energia eléctrica em cabo Verde.

 

A proposta de lei para reprimir de forma efectiva o roubo de energia eléctrica em Cabo Verde deu entrada hoje ao parlamento nacional para ser discutido na sessão plenário deste mês.

De acordo com o ministro da indústria, turismo e energia a prática do roubo de energia eléctrica, é condenada pela sociedade dai a apresentação da proposta de lei que prevê a punição para aqueles que defraudam e roubam a Electra com graves prejuízos para o sistema energético nacional.

Humberto Brito afirma ainda que a proposta prevê a prisão efectiva, penas de multa, e também propõe a alteração do código penal em matéria de punição para este tipo de actos principalmente para profissionais que lidam com energia e funcionários públicos com penas maiores por prática de roubo de energia eléctrica em Cabo Verde.

 

  1. Djarmai

    Este governo está brincando com os cidadãos.Claro, o roubo de energia,não que eu apoio tal acto,prejudica os seus bolsos,por isso é que estão preocupados.Prisão preventiva só por roubo de energia? Tantos crimes graves por ai acontecendo e levam somente TIR!
    Prisão preventiva é para este governo por falta de iluminação publica,por falta de segurança aos cidadãos,por falta de estradas condignas nas outras ilhas,ou seja o governo precisa de ser preso preventivamente por estar a roubar os cidadãos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.